Prova Oral

Prova de Atitudes

Noções: lesão osteocondral do tálus

Mecanismo de trauma e epidemiologia:
Entorse de tornozelo gerando cisalhamento ou impactação / 1% das fraturas talares / 3M:1F
– Causa mais comum de dor persistente após entorse de tornozelo (6 a 8 semanas)
– Localização: ântero-lateral (extensão) e póstero-medial (flexão)

Diagnóstico: Dor / Falseio / Travamento / RX / Cintilografia / TC / RM

Classificação: Berndt e Harty

Tratamento:
– Desbridamento se <1cm c/ fratura
– RAFI (Herbert) se > 1cm c/ fratura
– Se entorse: 6 semanas de bota + avaliação -> se tipo I + 6 semanas; se II ou maior – artroscopia (observação ou curetagem)

Traumatologia e Ortopedia

New Report

Close