Prova Oral

Prova de Atitudes

Noções: Displasia congênita do quadril

Fatores Risco: Meninas 8:1 / Apresentação Pélvica 14x / Lado Esquerdo

Etiologia: Posição intra-útero / Displasia acetabular + instabilidade = luxação / Estrogênio materno -> frouxidão ligamentar

Luxação: Perda da congruência articular total (subluxação -> parcial)
Instabilidade: Quadril reduzido, porem frouxo, instável (fatores hormonais, 60% resolvem espontaneamente em 1 semana, 90% 3 meses -> Barlow)
Displasia: Alteração na forma do acetábulo

Diagnóstico: Testes especiais / Defict de abdução / assimetria pregas glúteas (tardio) / RX (indispensável) e US
Teste de Barlow -> Instabilidade
Teste Ortolani-> Luxação
Triade de Putti: Ossificação retardada da cabeça femoral + deslocamento lateral e proximal da cabeça do fêmur + displasia acetabular

Tratamento:
< 6m = Pavilk
6m-12m = Tração Zenit (2 sem) + Redução incruenta + gesso 100 graus de flexão e 60-70 graus de abdução (caso instável após redução = tenotomia adutores e psoas)
12-18m = Tenotomia adutores e psoas + redução incruenta (casos de instabilidade = artrotomia com limpeza da articulação e redução cruenta, avaliar nescessidade de osteotomia fêmur ou pélvica)
18m – 36M = Osteotomia Fêmur, Osteotomia pélvica se nescessário, dependendo da posição estável do quadril
– Flexão = Osteotomia de Salter
– Abdução + RI = Osteotomia no Fêmur
– Flexão + Abd + RI = Osteotomia femural e pélvica
– 3-6 anos = Osteotomia pélvica (Salter) + Osteotomia do Fêmur
– > 7 anos = Osteotomia pélvica tipo Chiari ou Steel + Osteotomia do fêmur

Pavlik

Informações: dipositivo mais usado em DDQ no RN

Objetivo: Impede extensão e adução (nova luxação)

Resolução: Se Pavlik o tempo todo (< 6m) 6 semanas – 95% bons

Erros / Contra-indicado em : desequilíbrio muscular (PC, mielo) / Artrogripose (Rigidez) / Ehlers-Danlos (Luxações Teratológicas). Uso prolongado (lesão cartilaginosa) / Família não cooperativa / Aplicação do aparelho

Regimes: Se instável – todo o tempo 6-12 semanas (redução com us e retorno semanais para inspeção)

Complicações: Hiperflexão luxa inferior e provoca síndrome do nervo femoral / Compressão do plexo braquial / Lesões de pele em pregas/ Lesão cartilaginosa capital e fisária (uso prolongado e abdução forçada)

Traumatologia e Ortopedia

New Report

Close