Atividades no Portal

  • 1 – Se tivesse quebrado, você não conseguiria mexer. (Mito)

    É a primeira coisa que as pessoas costumam dizer quando você está se contorcendo de dor após dar uma topada forte ou cair de mal jeito. “Está conseg […]


  • sse problema não é muito comum na degeneração primária, ou seja, sem um motivo específico. É mais comum nos casos secundários a acidentes, traumas, luxações e fraturas, principalmente do rádio distal, da ulna e das lesões dos ossos do carpo, como escafoide e semilunar.


    A definição de artrose é o desgaste articular primário (degenerativo)<…[Leia mais]


  • sse problema não é muito comum na degeneração primária, ou seja, sem um motivo específico. É mais comum nos casos secundários a acidentes, traumas, luxações e fraturas, principalmente do rádio distal, da ulna e das lesões dos ossos do carpo, como escafoide e semilunar.


    A definição de artrose é o desgaste articular primário (degenerativo)<…[Leia mais]


  • A doença de Preiser é muito rara. Tão incomum que não há dados confiáveis quanto à epidemiologia. Não se sabe em qual sexo, idade ou profissão é mais prevalente. 


    Causas


    Uso crônico de corticóide para tratamento de doenças auto-imune, tabagismo, etilismo e traumas prévios podem ser fatores de risco para a Doença de Presiser, que não tem eti…[Leia mais]


  • A doença de Preiser é muito rara. Tão incomum que não há dados confiáveis quanto à epidemiologia. Não se sabe em qual sexo, idade ou profissão é mais prevalente. 


    Causas


    Uso crônico de corticóide para tratamento de doenças auto-imune, tabagismo, etilismo e traumas prévios podem ser fatores de risco para a Doença de Presiser, que não tem eti…[Leia mais]


  • A doença de Preiser é muito rara. Tão incomum que não há dados confiáveis quanto à epidemiologia. Não se sabe em qual sexo, idade ou profissão é mais prevalente. 


    Causas


    Uso crônico de corticóide para tratamento de doenças auto-imune, tabagismo, etilismo e traumas prévios podem ser fatores de risco para a Doença de Presiser, que não tem eti…[Leia mais]


  • sse problema não é muito comum na degeneração primária, ou seja, sem um motivo específico. É mais comum nos casos secundários a acidentes, traumas, luxações e fraturas, principalmente do rádio distal, da ulna e das lesões dos ossos do carpo, como escafoide e semilunar.


    A definição de artrose é o desgaste articular primário (degenerativo)<…[Leia mais]


  • sse problema não é muito comum na degeneração primária, ou seja, sem um motivo específico. É mais comum nos casos secundários a acidentes, traumas, luxações e fraturas, principalmente do rádio distal, da ulna e das lesões dos ossos do carpo, como escafoide e semilunar.


    A definição de artrose é o desgaste articular primário (degenerativo)<…[Leia mais]


  • sse problema não é muito comum na degeneração primária, ou seja, sem um motivo específico. É mais comum nos casos secundários a acidentes, traumas, luxações e fraturas, principalmente do rádio distal, da ulna e das lesões dos ossos do carpo, como escafoide e semilunar.


    A definição de artrose é o desgaste articular primário (degenerativo)<…[Leia mais]


  • sse problema não é muito comum na degeneração primária, ou seja, sem um motivo específico. É mais comum nos casos secundários a acidentes, traumas, luxações e fraturas, principalmente do rádio distal, da ulna e das lesões dos ossos do carpo, como escafoide e semilunar.


    A definição de artrose é o desgaste articular primário (degenerativo)<…[Leia mais]


  • sse problema não é muito comum na degeneração primária, ou seja, sem um motivo específico. É mais comum nos casos secundários a acidentes, traumas, luxações e fraturas, principalmente do rádio distal, da ulna e das lesões dos ossos do carpo, como escafoide e semilunar.


    A definição de artrose é o desgaste articular primário (degenerativo)<…[Leia mais]


  • A Rizartrose é a segunda mais comum nas mãos.


    A artrose primária das interfalângicas proximais (IFP- articulações do meio dos dedos) e metacarpofalângicas (MFs articulações entre a palma da mão e os dedos) são menos comuns e nos levam a suspeitar de doenças auto-imunes como a artrite reumatóide. A hemocromatose e a condrocalcinose devem ser in…[Leia mais]


  • A Rizartrose é a segunda mais comum nas mãos.


    A artrose primária das interfalângicas proximais (IFP- articulações do meio dos dedos) e metacarpofalângicas (MFs articulações entre a palma da mão e os dedos) são menos comuns e nos levam a suspeitar de doenças auto-imunes como a artrite reumatóide. A hemocromatose e a condrocalcinose devem ser in…[Leia mais]


  • A Rizartrose é a segunda mais comum nas mãos.


    A artrose primária das interfalângicas proximais (IFP- articulações do meio dos dedos) e metacarpofalângicas (MFs articulações entre a palma da mão e os dedos) são menos comuns e nos levam a suspeitar de doenças auto-imunes como a artrite reumatóide. A hemocromatose e a condrocalcinos…[Leia mais]


  • A transferência muscular funcional é a transferência de um músculo que exerce uma função em determinada região para outra região e outra função.


    Pode ser uma transferência regional, como ocorre com o músculo latíssimo do dorso (grande dorsal) quando transferido para ganho de flexão do cotovelo.


    Ou, pode ser uma transferência muscular funci…[Leia mais]


  • Utilizamos as transferências tendíneas para diversas alterações dos membros superiores com bons resultados finais e restauração importante da função. 


    Estas cirurgias podem ser realizadas em bebês, crianças, adolescentes, adultos e em idosos. Claro que esperamos resultados diferentes para estas idades, sendo os resultados menos previsíve…[Leia mais]


  • Utilizamos as transferências tendíneas para diversas alterações dos membros superiores com bons resultados finais e restauração importante da função. 


    Estas cirurgias podem ser realizadas em bebês, crianças, adolescentes, adultos e em idosos. Claro que esperamos resultados diferentes para estas idades, sendo os resultados menos previsíve…[Leia mais]


  • Utilizamos as transferências tendíneas para diversas alterações dos membros superiores com bons resultados finais e restauração importante da função. 


    Estas cirurgias podem ser realizadas em bebês, crianças, adolescentes, adultos e em idosos. Claro que esperamos resultados diferentes para estas idades, sendo os resultados menos previsíve…[Leia mais]

  • Generalidades
     

    => Correspondem a 1% de todas as fraturas e 8% das fraturas em idosos. Em homens é mais comum na 4º década e em mulheres na 7º década (osteoporose). => O platô lateral é o mais acometido (55 a 70%) seguido de ambos os platôs (11 a 31%) e do platô medial (10 a 23%). Lesão ligamentar associada está presente em 20% e lesões meni…[Leia mais]

  • Generalidades
     

    => Correspondem a 1% de todas as fraturas e 8% das fraturas em idosos. Em homens é mais comum na 4º década e em mulheres na 7º década (osteoporose). => O platô lateral é o mais acometido (55 a 70%) seguido de ambos os platôs (11 a 31%) e do platô medial (10 a 23%). Lesão ligamentar associada está presente em 20% e lesões meni…[Leia mais]

  • Carregar mais
Traumatologia e Ortopedia

New Report

Close