krakow

Tratamentos da ruptura do tendão de Aquiles

Etiologia:A maioria das lesões está relacionada a microtraumas de repetição e susceptibilidade do tendão. Mecanismo mais comum: impulsão com a parte anterior do pé que está sustentando o peso durante a extensão do joelho dorsiflexão súbita do pé em flexão plantar golpes diretos Exame clínico:Em geral o paciente apresenta uma dor aguda, descrita como a …

Tratamentos da ruptura do tendão de Aquiles Leia mais »

dor no calcanhar

Dor no Pé: Veja as causas da dor no calcanhar, sola dos pés e tornozelo

A dor no pé pode aparecer gradualmente, ao longo do tempo ou imediatamente logo após uma lesão. Pode ser causada por uma condição médica, como gota, resultado de trauma repetitivo, uso incorreto de calçados ou uma lesão específica. Existem muitas causas de dor no pé e cerca de 20% da população sofre com algum problema. Neste artigo você encontrará uma visão geral …

Dor no Pé: Veja as causas da dor no calcanhar, sola dos pés e tornozelo Leia mais »

Postura Kendall

Classificação de Kendall

Diferentes tipos e descrições das alterações posturais Existe grande variação da nomenclatura das alterações posturais da cintura escapular e da coluna cervical. Além disso, no meio científico, existem poucos estudos de qualidade avaliando essas alterações posturais, apesar da grande importância desse tema. Alterações posturais do alinhamento da coluna Existem diferentes categorias de alterações posturais, cada …

Classificação de Kendall Leia mais »

nsupraescapular

Capsulite adesiva (ombro congelado)

Introdução A capsulite adesiva (ou ombro congelado) é uma condição clínica caracterizada por dor e rigidez articular do ombro, de início insidioso e arrastado, porém de evolução autolimitada. Pode resultar de aderências entre a cápsula e o osso, contratura de partes moles ao redor da articulação ou contraturas musculotendinosas. Epidemiologia: incidência de 2% da população …

Capsulite adesiva (ombro congelado) Leia mais »

gesso imobilizacao

Opções ao gesso e avanços nas imobilizações ortopédicas

Durante muitos anos, pacientes vítimas de fraturas ósseas — a depender do membro — precisavam ser submetidos à técnica de imobilização com gesso. Esta técnica ainda é a prática mais utilizada nos dias atuais para garantir a recuperação de membros fraturados, como braços e pernas. Constatada a fratura, por meio dos exames de imagem e …

Opções ao gesso e avanços nas imobilizações ortopédicas Leia mais »

kerboul

Classificação de Kerboul

A classificação de Kerboul: Tipo A: luxação anterior onde a cabeça femoral está localizada na frente do acetábulo original. Tipo B: deslocamento intermediário. A cabeça femoral se articula com o ílio no mesmo nível ântero-posterior do acetábulo original. Tipo C: luxação posterior. A cabeça femoral está deslocada atrás do acetábulo original Saiba mais:

eftekhar

Classificação de Eftekhar

A classificação Eftekhar: Tipo A: acetábulo displásico ligeiramente alongado acomodando uma cabeça femoral achatada em forma de cogumelo. Tipos B e C: deslocamento intermediário e alto. O acetábulo verdadeiro é pouco desenvolvido, mas o assoalho é espesso e facilmente identificável após a remoção do tecido fibrogorduroso do local original do acetábulo verdadeiro. A borda inferior …

Classificação de Eftekhar Leia mais »

hartofilakidis

Classificação de Hartofilakidis

Estão disponíveis atualmente um extenso conjunto variável de classificações que terão por função tanto identificar quanto fazer o prognóstico de possíveis intercorrências que poderão vir a acometer nas diferentes formas que poderá ser identificada a displasia congênita do quadril, sendo mais utilizadas as Hartofilakidis. A de Hartofilakidis estão classificadas em três tipos: – A – …

Classificação de Hartofilakidis Leia mais »

tonnisgradingforhiposteoarthritis

Classificação de Tonnis

Avalia a artrose de quadril ou coxoartrose: Grau 0 – Sem sinais de osteoartroseGrau I – Esclerose aumentada, ligeira diminuição do espaço articular, sem perda/perda ligeira da esfericidade da cabeça do fêmurGrau II – Pequenos cistos, diminuição moderada do espaço articular, perda moderada da esfericidade da cabeçaGrau III – Cistos de grandes dimensões, diminuição acentuada …

Classificação de Tonnis Leia mais »

A Escala Kellgren Lawrence de avaliao das artroses

Classificação de Kelgreen-Lawrence

A classificação de Kellgren e Lawrence valoriza a presença ou não de osteófito. Grau Alterações radiográficas I Diminuição ligeira da altura da cartilagem/interlinha articular II Obliteração do espaço articular III Perda óssea ≤ 7mm medidos ao longo das margens articulares externa ou interna a partirde uma linha traçada perpendicularmente ao eixo da tíbia e tangencial …

Classificação de Kelgreen-Lawrence Leia mais »

Traumatologia e Ortopedia

New Report

Close