Classificação de Wagner

Classificação de Wagner

Classificação das úlceras no pé diabético Grau 0 – Pele intacta Grau 1 – Úlcera superficial localizada Grau 2 – Úlcera profunda até o tendão, osso, ligamento ou articulação Grau 3 – Úlcera profunda com abscesso, osteomielite ou celulite Grau 4 – Gangrena de dedos do pé ou todo antepé Grau 5 – Gangrena extensa de todo o pé

Classificação de Johnson e Strom

Classificação de Johnson e Strom

A classificação de Johnson modificada por Myerson é utilizada para avaliar a insuficiência do tendão tibial posterior, levando ao pé plano adquirido: Estágio I: Edema, dor e inflamação no trajeto do tendão. Não há deformidade nem déficit funcional do pé. Estágio II: Perda de função, com deformidade flexível do retropé incapacidade de se manter na ponta do pé perda […]

Classificação de Brodsky

Classificação de Brodsky

Classificação usada para lesões no pé diabético Grau I: Pele intacta, mas representa uma lesão pré-ulcerativa, com eritema, formação de calosidade e possível hemorraria intradérmica sobre proeminências ósseas. Grau II: Úlcera de pele de espessura total, sem acometer o subcutâneo Grau III: Úlcera que se estende até tendão ou capsula articular, sem exposição óssea ou articular Grau IV: Úlcera […]

Classificação de Eichenholtz

Classificação de Eichenholtz

Classificação usada para determinar os estágios da artropatia de Charcot Classificação de Eichenholtz Estágio Características clínicas 0 Apresentação inicial Pré-fragmentação Fase inflamatória aguda:pé edemaciado;eritematoso;quente = hiperêmico. I Charcot agudo Fragmentação oudesenvolvimento Fratura periarticular, subluxação articular,risco de instabilidade e deformidade. II Charcot subagudo Coalescência Reabsorção dos debris ósseos, homeostasedas partes moles. III Charcot crônico Consolidação ou […]