tendinite tendinose

Tendinites, tenossinovites, tendinopatias, tendinoses

A tendinite é um processo inflamatório que acomete o tendão, enquanto a tenossinovite e um processo inflamatório da membrana que recobre o tendão.

A tendinose é uma síndrome clínica caracterizada por dor crônica e espessamento do tendão.

O termo tendinopatia é uma doença do tendão, um termo mais amplo e pode ser empregado para descrever lesões do tendão, sejam elas uma tendinose, tendinite, ruptura.

As causas das tendinopatias, tendinites, tenossinovites, tendinoses variam de causas mecânicas, esportivas e traumáticas até patologias clinicas como doenças reumáticas, doenças da tireóide.

Sintomas são desconforto, dores, dificuldade realizar movimentos, sensação de fraqueza e em casos agudos pode acorrer sinais inflamatórios como edema.

O diagnóstico é feito através de um exame clínico e físico associado a exame complementar: ultrassonografia ou ressonância magnética.

O tratamento dependerá do quadro clínico e pode ser conservador com  repouso das atividades manuais, órtese ou imobilizador, medicações analgésicas ou anti-inflamatórias, fisioterapia com alongamentos e fortalecimentos, osteopatia, acupuntura, kinesio Taping/bandagem.

Em casos específicos como doenças reumáticas, De Quervain ou dedo em gatilho, pode ser indicado o tratamento cirúrgico com tenólise/liberação tendínea associada ou não com sinovectomia.

tendinite tendinose

Tendinose

A tendinose corresponde ao processo de degeneração do tendão, que muitas vezes acontece como consequência de uma tendinite que não foi tratada corretamente. Apesar disso, nem sempre a tendinose está relacionada a um processo inflamatório, cabendo ao médico identificar a tendinose a partir de exames de diagnóstico, como ultrassom e ressonância, por exemplo.

Na tendinite há inflamação ao redor do tendão, enquanto que na tendinose o próprio tendão já se encontra debilitado apresentando áreas de acúmulo de líquido e pequenas áreas de ruptura que podem levar à ruptura completa do tendão até mesmo com pequenos esforços.

A tendinose é mais comum de acometer os tendões supra-espinhosos, perto dos ombros; patelas, nos joelhos; tendão de Aquiles, no calcanhar, e no manguito rotador, também no ombro. A tendinose de ombro geralmente ocorre em atletas e em pessoas que tenham que ficar com os braços levantados por muito tempo, como é o caso dos artistas plásticos e professores, por exemplo.

O tratamento da tendinose é feito com o objetivo de regenerar a articulação a partir do estímulo da produção de colágeno, além de repouso.

Inscrever-se
Avisar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Traumatologia e Ortopedia
0
Deixe um comentário ou dúvida sobre o assunto aqui. Não precisa de conta, todos podem escrever.x
()
x

New Report

Close