Sinovite transitória

Causa mais comum de dor no quadril na criança pequena

Quadro clínico

– Dor aguda no quadril com claudicação, sem outros sintomas constitucionais ou musculoesqueléticos
– Idade: 3-12 anos (média 5-6)
– Meninos 2x > meninas

Etiologia

Associado a IVAS e infecções
– 95% unilateral; E=D
– Risco de recorrência: 4%

Diferencial: pioartrite de quadril

Exames laboratoriais

– Leucocitose leve
– VHS de 1 a 63
– PCR geralmente < 0,5

Tratamento

– História natural: autolimitada
– Alguns estudos: sequelas como coxa magna, Calvè-Legg-Perthes, alterações císticas degenerativas
– Tratamento: repouso, analgesia, tração cutânea para conforto

Sinovite transitória do quadril aguda

GENERALIDADES:
=> Inflamação aguda no quadril não específica de etiologia desconhecida. Geralmente vem precedida por uma queda ou infecção de vias aéreas superiores. A maioria dos casos ocorre entre os 03 a 08 anos de idade com predomínio do sexo masculino.
=> É a causa mais comum de dor no quadril e claudicação não traumática na infância

=> O quadro clínico caracteriza-se por claudicação antálgica e dor no aspecto anterolateral da coxa (lembra a DLCP), com limitação álgica da articulação (especialmente a rotação interna e abdução). A dor no quadril é provocada pela distensão capsular pelo derrame inflamatório.

=> O diagnóstico é por exclusão devido ao curso natural da doença (vida curta, pois normalmente desaparece em 02 semanas) e pelo USG. Exames laboratoriais serão realizados para afastar outras causas como sepse, artrite reumatóide, tuberculose, etc.

=> Diagnóstico diferencial: DLPC, artrite séptica, febre reumática, artrite reumatóide.

=> O tratamento é repouso + aines = restrição de atividades físicas. Observe que pode haver recidiva do quadro no mesmo quadril ou no contralateral (10%)

Última atualização porMarcioR4

Deixe uma mensagem