Artrodese do quadril

Tem sido descritas muitas técnicas de fusão do quadril, mas elas podem ser divididas em 3 categorias: intra-articulares, extra-articulares ou combinadas.

Tipos de artrodese

As fusões extra-articulares essencialmente usam algum tipo de enxerto ósseo estendendo-se do fêmur até o ílio ou ísquio.

Artrodese intra-articular envolve desnudamento da cabeça femoral e cavidade acetabular para ocorrer fusão óssea (alto índice de falha).

Em geral, indica-se o procedimento combinado, suplementado por algum tipo de fixação interna.

Indicação

O paciente ideal é o adulto jovem com apenas uma articulação comprometida, que prefere um estilo de vida ativo, com joelhos e coluna normais, em que osteotomias não estão indicadas (geralmente indicado em pacientes jovens ou trabalhadores que exercem atividades braçais). A indicação mais comum é artrite pós-traumática ou infecciosa.
– Se osteonecrose: fazer RNM do quadril contra-lateral antes de pensar na artrodese
– Ausência de dor lombar, dor ou instabilidade no joelho ipsilateral, dor no quadril contra-lateral ou alterações radiográficas destas áreas
– Severa destruição do quadril
– Mobilidade muito diminuída
– Sem resposta ao tratamento conservador

Contraindicação absoluta:
– Envolvimento do joelho ou quadril ipsilateral

Posição

O quadril deve ficar em uma posição 30º flexão (pode ser um pouco maior se doente passar muito tempo sentado), adução 0 a 5º , 0-15 graus de rotação externa. O grau de flexão é controverso, devendo ficar entre 20 e 40 graus. A marcha após a artrodese fica assimétrica, com aumento da fase de balanço e diminuição da fase de apoio no lado artrodesado.

Conversão para artroplastia total de quadril (ATQ)

– Se houver necessidade de ATQ contra-lateral ou ATJ ipsilateral: taxas altas de soltura -> considerar conversão da artrodese para ATQ

Conversão:

– Se artrodese extra-articular: cuidado com a possibilidade da inclusão de estruturas neurovasculares na massa da artrodese
– Borda lateral do acetábulo e borda superior do colo femoral devem ser preservadas para melhor cobertura do componente acetabular
– Conversão tem bons resultados para reduzir lombalgia, mas resultado menos previsível para dor no joelho ipsilateral ou quadril contra-lateral
– Melhor resultado: artrodese por período curto de tempo e doente jovem quando submetido à artrodese

Last updated byMarcioR4
Quanto você gostou deste artigo?0000

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *