Placa de crescimento


A placa de crescimento é a região do osso composta por tecido especializado responsável pelo crescimento latitudinal e longitudinal, sendo por este motivo exclusiva de seres esqueleticamente imaturos. Pode ser chamada de fise, placa epifisária, cartilagem epifisária, cartilagem de crescimento, etc.

É composta de 3 (três) zonas, a contar do sentido em que ocorre o crescimento da cartilagem, ou seja, da epífise para a metáfise:

Porção cartilagínea

Zona de reserva ou germinativa

A primeira é a zona de células cartilaginosas não diferenciadas ou repouso que fica adjacente à placa óssea, correspondendo a uma camada germinativa, responsável por suprir as células cartilaginosas em desenvolvimento.

– Produção de matriz e armazenamento
– Nutrida por difusão
– Lesão: distúrbio de crescimento
– Tensão de O2 e pH baixos

Zona proliferativa

A segunda é chamada de zona de proliferação cartilaginosa, consistindo na camada onde se origina o comprimento do osso tubular por crescimento ativo das células cartilaginosas, estando as células agrupadas como uma pilha de moedas.

– Divisão celular
– Nutrida por vasos epifisários
– Alta tensão de O2
– Produção de glicogênio

Zona hipertrófica

A terceira denomina-se zona de vacuolização ou de células hipertróficas, onde os condrócitos passam por um processo de maturação com hipertrofia dos mesmos. É nesta zona que geralmente ocorrem as lesões fisárias.

– Avascular
– Preparação para calcificação
– É a mais lesada pois há pouca matriz
– Dividida em:
– – Zona de maturação
– – Zona degenerativa
– – Zona de calcificação temporária (onde existe morte dos condrócitos e produção de fosfatase alcalina)
– – Zona de calcificação endocondral

Porção óssea

– Esponjosa primária
– Esponjosa secundária

Porção fibrosa

– Contornando a periferia
– Fossa de Ranvier: estrutura triangular microscópica na periferia da fise
– – espessamento em diâmetro da fise
– Anel pericondral de Lacroix: contenção e suporte da junção osteoartilaginosa. Em algumas patologias como a epifisiólise proximal do fêmur encontra-se enfraquecido.

> Arquivos de Apresentações em ppt

Doenças por área da placa de crescimento

Última modificação porMarcioR4
Quanto você gostou deste artigo?0000
Inscrever-se
Avisar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments