Ácido tranexâmico

Início Fóruns Traumatologia e Ortopedia Ácido tranexâmico

Marcado: 

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #119107 Responder
    AvatarMarcioR4
    Mestre
    • O ácido tranexâmico reduz sangramento e reduz a necessidade de hemotransfusão.
    • É usado no manejo de traumatismos de grande porte, hemorragia e como profilaxia em cirurgia.
    • A dose padrão é de 1g por via intravenosa, durante um mínimo de 10 minutos.
    • O principal mecanismo de ação é a atividade antifibrinolítica.
    • Também possui efeitos anti-inflamatórios e pode ajudar a atenuar a síndrome da resposta inflamatória sistêmica em pacientes cardíacos

    O ácido tranexâmico é uma substância que inibe a ação de uma enzima conhecida como plasminogênio, que normalmente se liga aos coágulos para destruí-los e impedir que formem uma trombose, por exemplo. No entanto, em pessoas com doenças que tornam o sangue muito fino, o plasminogênio também pode impedir a formação de coágulos durante cortes, por exemplo, tornando difícil estancar a hemorragia.

    Além disso, esta substância também parece impedir a produção normal de melanina e, por isso, pode ser usada para clarear algumas manchas da pele, especialmente no caso de melasma.

    Devido à sua dupla ação, esta substância pode ser encontrada sob a forma de comprimidos, para impedir hemorragias, ou na forma de creme, para ajudar a clarear manchas. Pode ainda ser usado sob a forma de injetável no hospital, para corrigir emergências relacionadas com sangramentos excessivos.

    Para que serve

    Esta substância está indicada para:

    Reduzir o risco de hemorragia durante cirurgias;
    Clarear melasmas e manchas escuras na pele;
    Tratar hemorragias associadas a fibrinólise excessiva.
    O uso desta substância na forma de comprimidos para tratar ou evitar o surgimento de hemorragias só deve ser feito após indicação de um médico.

    Como usar

    A dose e horário de uso deste medicamento deve ser sempre orientado pelo médico, no entanto as indicações gerais são:

    Tratar ou evitar hemorragias em crianças: tomar 10 a 25 mg/Kg, duas a três vezes por dia;
    Tratar ou evitar hemorragias em adultos: 1 a 1,5 gramas, duas a quatro vezes por dia, por cerca de 3 dias. Ou 15 a 25 mg/dia se o tratamento durar mais de 3 dias;
    Clarear manchas na pele: usar um creme com concentração entre 0,4% a 4% e passar no local a clarear. Aplicar protetor solar durante o dia.
    A dose dos comprimidos pode ser adequada, pelo médico, de acordo com o histórico do doente, uso de outros medicamento e dos efeitos apresentados.

    Possíveis efeitos colaterais

    Os efeitos colaterais mais frequentes incluem náuseas, vômitos, diarreia e diminuição acentuada da pressão arterial.

    Quem não deve usar

    O ácido tranexâmico não deve ser usado em pessoas com hemofilia a fazer tratamento com outro remédio, em pacientes com coagulação intravascular ou com presença de sangue na urina. Além disso, também deve ser evitado para a realização de cirurgias torácicas ou abdominais, pois existir maior risco de hematomas.

    Nome comercial: transamin

    Esta é uma plataforma colaborativa, para trocar informações no ramo de Traumatologia e Ortopedia. Contribua com informações e arquivos que estejam faltantes e através dos comentários nos artigos e tópicos. Quer ter um grupo privado para seu curso, residência ou liga, com fórum e arquivos reservados aos membros e com moderação própria? Peça aos administradores.

Visualizando 1 post (de 1 do total)
Responder a: Ácido tranexâmico

Você pode usar BBCodes para formatar seu conteúdo.
Sua conta não pode usar BBCodes avançados, eles serão removidos antes de serem salvos.

Sua informação:




Traumatologia e Ortopedia

New Report

Close