Hemiartroplastia do quadril

Três desenhos básicos: unipolar, bipolar e trunnion
Deve ter cabeça com dimensão adequada ao acetábulo
Torque friccional e pressão estática mais alta
– Se cabeça > 3 mm do ideal: contato equatorial
– Se cabeça < 3 mm do ideal: contato no teto

Unipolar

Desvantagem: não é modular
– Difícil ter prótese com tamanho ideal da cabeça e da haste femoral
– Possibilidade de desgaste mais precoce da cartilagem

Vantagem: menor custo e mais fácil de recolocar se houver luxação

Bipolar

Alguns estudos demonstram desgaste articular semelhante quando comparado a unipolar

Vantagens:
– Modular: preenchimento melhor do canal femoral
– Maior facilidade para conversão para ATQ com manutenção da haste femoral
– Mobilidade entre os componentes reduziria o movimento entre o metal externo e o acetábulo
– Alguns estudos demonstram perda da mobilidade do componente interno após poucos meses

Desvantagens: maior risco de luxação

Indicações:
– Doença com dor no quadril e cartilagem acetabular íntegra
– Fratura do colo femoral
– – com falha da fixação interna ou em idosos

Incidência de complicações aumenta com o desvio nos idosos:
– Garden I e II: 16% ONCF Ficat 3
– Garden III e IV: 28% ONCF Ficat 3


Última atualização porMarcioR4

Deixe uma mensagem