Contratura do quadríceps da infância

– História prévia de injeção na coxa

Fisiopatologia

– Causa desconhecida
– Compressão de capilares e feixes musculares por injeção
– Tempo entre injeção e contratura de até alguns anos é comum
– Envolvimento na contratura, segundo Nicoll
– Fibrose do vasto intermédio na bursa supra-patelar e proximalmente
– Adesão entre a patela e os côndilos femorais
– Fibrose e encurtamento das expansões laterais dos vastos e aderência aos côndilos

Quadro clínico

– Limitação progressiva e indolor da flexão do joelho – Luxação habitual da patela é comum

Avaliação radiológica

Sem alterações radiológicas na fase inicial
– Com o tempo, hipoplasia da patela e deslocamento progressivo
– Nas crianças mais velhas, mas com início mais precoce da doença: achatamento dos côndilos femorais, genu recurvatum, luxação anterior da tíbia e alterações articulares degenerativas

Tratamento

Diagnóstico precoce e prevenção por fisioterapia
– Quando contratura estabelecida -> tratamento cirúrgico para evitar alterações tardias
– Estágio inicial, sem alterações articulares significativas: liberação proximal
– Lesão mais extensa: quadricepsplastia de Thompson
– Sucesso depende de:
– – Se o reto femoral escapou da lesão e se pode ser isolado da cicatriz do quadríceps e da função que pode ser obtida pelo seu uso ativo
– – Se genu recurvatum: osteotomia supracondilar pode restaurar alguma flexão
– Artrodese: pode ser indicadas para sintomas graves

Última atualização porMarcioR4
Quanto você gostou deste artigo?0000
Inscrever-se
Avisar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments