Síndrome da hiperpressão lateral da patela

A patela é um osso móvel que se localiza na parte da frente do nosso joelho e auxilia no mecanismo de extensão da articulação. Está articulada com o fêmur e está fixada na articulação devido aos ligamentos e músculos.

Síndrome da Hiperpressão Lateral da patela

A Síndrome da Hiperpressão Lateral da patela é uma anormalidade causada por vários fatores tais como: joelho valgo, fraqueza muscular, displasia troclear, trauma, dentre outros, onde a patela não se articula com o fêmur e esta fica inclinada e parcialmente deslocada na parte lateral, o que provoca uma pressão exacerbada, e caso não seja tratada a tempo, a cartilagem começa a entrar em processo de degeneração e desencadeia a condropatia e posterior artrose.

Sintomas

As queixas mais frequentes do paciente que sofre com esta lesão são as dores na frente do joelho onde a patela está localizada, e os estalos são comuns juntamente com os inchaços e a limitação dos movimentos. 

Saiba sobre a síndrome patelar dolorosa >
Conheça as causas da sobrecarga no mecanismo extensor >

Tratamento

As formas de tratamento dependerão do grau em que se encontra esta lesão podendo ir do método conservador (fisioterapia, uso de compressas, pilates, reabilitação muscular, uso de antiinflamatórios) ao cirúrgico em casos extremos de mau alinhamento, luxação ou processo avançado de artrose).

Referências:

Liberação retinacular lateral da patela: o que mudou nos últimos dez anos
Síndrome da hiperpressão patelar lateral: tratamento fisioterapêutico

TEM ALGUMA DÚVIDA? Então deixe uma pergunta nos comentários abaixo, que será respondida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *