Você sabe o que é pé equino?

Algumas pessoas sentem grande dificuldade para elevar a ponta do pé em direção à perna. Você sabia que esse é um problema de mobilidade e que essa dificuldade pode estar relacionada ao pé equino?

Entenda mais sobre a importância da mobilidade de tornozelo >

O QUE É O PÉ EQUINO?

Entre os problemas de mobilidade que podemos apresentar está o pé equino. Essa condição afeta os tornozelos e compromete a sua movimentação, impedindo que se articule o pé para cima, em direção à perna. A flexibilidade nessa região é limitada e isso afeta a locomoção.

O principal sintoma do pé equino é a dificuldade para caminhar e articular o tornozelo. No entanto, algumas pessoas podem apresentar má formação no pé afetado.

Esse problema pode se manifestar em somente um dos pés ou nos dois. No segundo caso, o problema costuma ser mais expressivo em um pé. Em ambos os casos, a pessoa procura compensar seus movimentos e as formas mais comuns são:

  • colocar maior carga de peso no pé com maior mobilidade;
  • colocar a carga de peso no calcanhar e na região posterior do pé;
  • andar na ponta do pé;
  • articular de forma anormal o joelho ou o quadril.

Essas compensações facilitam a movimentação, mas acarretam outros problemas que variam segundo a postura adotada. Pessoas com pé equino podem apresentar também:

  • pé plano;
  • joanete;
  • dedos em garra;
  • úlceras de pressão;
  • calo na sola dos pés;
  • cãibra na panturrilha;
  • dor no calcanhar, no tornozelo, nas pernas ou na sola dos pés;
  • quadros inflamatórios no tendão de Aquiles;
  • artrite na área central do pé (médio-pé).

QUAIS SÃO AS CAUSAS DO PÉ EQUINO?

, Você sabe o que é pé equino?, Ortopedista Especialista em Tornozelo e Pé - DF

O pé equino pode ser ocasionado por uma série de fatores. Geralmente, trata-se do resultado do encurtamento (contratura) do músculo da panturrilha ou então da tensão no tendão de Aquiles. Essa característica pode ser:

  • hereditária: transmitida dos pais para o filho;
  • congênita: presente no indivíduo desde seu nascimento;
  • adquirida: contraída no meio em que se vive e ocasionada por um acidente ou por manter o pé durante muito tempo imobilizado em determinada posição.

A diabetes também pode ocasionar o pé equino, pois os altos índices glicêmicos afetam as fibras do tendão de Aquiles e o encurtam. As pessoas que usam salto alto com muita frequência também podem manifestar o problema.

Além desses fatores, o pé equino pode ser causado por um osso ou fragmento ósseo que esteja impedindo a movimentação do tornozelo. Casos nos quais a pessoa tem uma perna mais curta que a outra também pode levar a essa condição.

Menos frequentemente, transtornos neurológicos que provocam espasmos na panturrilha podem ocasionar o pé equino. Felizmente o problema pode ser tratado, como vamos ver a seguir.

QUAIS SÃO OS TRATAMENTOS PARA PÉ EQUINO?

, Você sabe o que é pé equino?, Ortopedista Especialista em Tornozelo e Pé - DF

O pé equino pode ser tratado com procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos, dependendo de cada caso, sua gravidade e suas causas. Por isso, o tratamento deve ser acompanhado por um profissional, visando minimizar as limitações e aliviar os problemas associados a essa complicação. O especialista pode indicar:

  • fisioterapia: minimiza a rigidez muscular e alonga os músculos;
  • aparelhos ortopédicos: palmilhas ou dispositivos personalizados ajudam a manter o equilíbrio de peso;
  • órtese noturna: dispositivo utilizado durante a noite minimiza a tensão na panturrilha;
  • elevador de calcanhar: utilizado dentro do sapato reduz a tensão no tendão de Aquiles;
  • saltos moderados: cumprem a mesma função do elevador de calcanhar;
  • cirurgia: indicada para quando há ossos impedindo o movimento ou quando há encurtamento do tendão.

O pé equino impede que a pessoa se movimente com liberdade e acarreta outras condições dolorosas e incômodas.

Saiba cistos nos pés >
Tratamento da tendinite no calcanhar >

TEM ALGUMA DÚVIDA? Então deixe uma pergunta nos comentários abaixo, que será respondida.

Tornozelo e Pé - Brasília
Tornozelo e Pé - Brasília

A Clínica Salus Ortopedia, Fisioterapia e Acupuntura em Brasília / DF atua principalmente no tratamento de lesões de cartilagem, buscando sua reparação e transplante; rupturas ligamentares articulares e sua reconstrução biológica e prevenção; tratamento da artrose, com medidas medicamentosas e artroplastias; tendinites e rompimento de tendões provocadas tanto por atividades esportivas, como por alterações degenerativas; fratura e luxação em crianças e adultos, fraturas em idosos que apresentam ossos mais frágeis; e enfoque na reabilitação muscular e postural, através de protocolo exclusivo baseado na análise cinemática da marcha.

No Comments

Escreva uma Mensagem ou Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *