Descompressão da cabeça femoral

A osteonecrose avascular da cabeça do fêmur é uma patologia multifatorial, com fisiopatologia não muito bem definida.

A faixa etária mais acometida compreende adultos entre a terceira e quinta década de vida e tem um caráter evolutivo, representa 5% a 18% das cirurgias de artroplastia total do quadril. Tem como principais etiologias conhecidas: o uso de corticoide e álcool, sequelas de trauma e doenças de coagulação, além de ser comum em pacientes com HIV, lúpus eritematoso sistêmico e em pacientes submetidos a transplante de órgãos em uso de imunossupressores. Todos os fatores levam à troca de remodelação óssea para reabsorção óssea, o que culmina no colapso da cabeça femoral.

O tratamento se baseia a conduta na presença ou não de colapso da cabeça femoral. Nos estágios iniciais da doença, nos quais ainda não há o colapso (classificação I e II de Ficat e Arlet), um dos tratamentos sugeridos é a descompressão da área de necrose, com ou sem colocação de enxerto, vascularizado ou não. Esse tratamento pode gerar melhoria da sintomatologia em até 80% dos casos e é uma tentativa de retardar a progressão da doença. A presença ou não de edema no estudo de imagem feito com RM desses casos não está bem relacionada com a melhoria sintomática dos pacientes. Outros autores mais conservadores orientam o uso de anticoagulantes como prevenção da evolução da doença, também com resultados positivos. Em outros estudos, foi investigada também a eficácia do uso de bifosfonados na prevenção do colapso da cabeça femoral, com resultados não satisfatórios.

, Descompressão da cabeça femoral, Ortopedista Especialista em Quadril de Brasília - DF

A evolução da doença, que significa o colapso da cabeça femoral, ocorre em 73,3% dos casos e a indicação de artroplastia total de quadril, em 50%, devido a queixas álgicas.

TEM ALGUMA DÚVIDA? Então deixe uma pergunta nos comentários abaixo, que será respondida.

Compartilhe a informação:
Quadril-Brasília
Quadril-Brasília

A Clínica Salus e Consolidação Ortopedia, Fisioterapia e Acupuntura em Brasília / DF atua principalmente no tratamento de lesões de cartilagem, buscando sua reparação e transplante; rupturas ligamentares articulares e sua reconstrução biológica e prevenção; tratamento da artrose, com medidas medicamentosas e artroplastias; tendinites e rompimento de tendões provocadas tanto por atividades esportivas, como por alterações degenerativas; fraturas e luxações em crianças e adultos, fraturas em idosos que apresentam ossos mais frágeis; e enfoque na reabilitação muscular e postural, através de protocolo exclusivo baseado na análise cinemática da marcha.

No Comments

Escreva uma Mensagem ou Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *