Informes

Teste de Allen

Teste de Allen

Usado para determinar patência das artérias do punho. Comprime-se as artérias radial e ulnar no nível do punho com as 2 mãos e solicita-se ao paciente abrir e fechar a mão. Solta-se uma das artérias e avalia-se a coloração. Repete-se a manobra liberando a outra artéria O teste é positivo quando enchimento é lento em […]

Como faz para trabalhar em plataformas de petróleo

Como faz para trabalhar em plataformas de petróleo

Quem quiser entrar no mercado tem que focar em ter experiência e qualificação na posição que estiver se candidatando. Isso significa ter experiência profissional na área, experiência marítima e se qualificar em todos os cursos necessários para trabalhar em offshore. Ingressar em vagas de menor qualificação, para os iniciantes, pode ajudar no crescimento dentro da […]

Teste de Spurling

Teste de Spurling

O teste de Spurling é realizado com o paciente sentado, inclinando-se sua cabeça para o lado que se quer avaliar. Em seguida o examinador exerce um compressão vertical sobre a cabeça para testar se os sintomas são provocados. A presença de dor irradiando pelo membro superior do lado testado sugere compressão da raiz do nervo. […]

Manobra de Barlow

Manobra de Barlow

Realizada no recém nascido para avaliar displasia do desenvolvimento do quadril. É uma manobra provocativa que leva a luxação em um quadril displásico. Com os quadris fletidos em 90º, pressiona-se a região medial da coxa com o polegar exercendo uma pressão em direção lateral ao mesmo tempo em que se pressiona  o quadril para região […]

Teste de apreensão do ombro

Teste de apreensão do ombro

Realizado para avaliar a estabilidade da articulação glenoumeral. Com o paciente em decúbito dorsal, mantem-se o cotovelo fletido em 90º, o ombro em abdução de 90º e rotação externa. O examinador deve então realizar um compressão na região posterior do úmero proximal no sentido de anteriorizá-lo, observando a reação do paciente. Ao perceber a iminência […]

Manobra de Ortolani

Manobra de Ortolani

Realizada no recém nascido para avaliar displasia do desenvolvimento do quadril. É uma manobra que leva a redução de uma possível luxação do quadril. Com a coxa fletida e abduzida, realiza-se uma pressão sobre o trocânter maior, provocando um ressalto da cabeça femoral no rebordo posterior, retornando ao acetábulo. A manobra que provoca a luxação […]

Sinal de Wilson

O sinal de Wilson pode ser encontrado em pacientes que apresentam osteocondrite dissecante do joelho. Durante a marcha, observa-se que o paciente mantém uma rotação tibial externa do membro afetado. O teste de Wilson seria o teste provocativo da patologia, sendo realizado com o paciente sentado com o membro pendente sobre a mesa. Com o joelho fletido 90º roda-se […]

Teste de Lasegue

Teste de Lasegue

O teste de Lasegue é utilizado para avaliar dor lombar associada a ciatalgia, seja compressiva ou inflamatória. O teste é composto por duas etapas: primeiramente com o paciente em decúbito dorsal, eleva-se o membro com o joelho em extensão até o momento em que o paciente apresentar dor, usualmente por volta de 70º por tensão […]

Teste da gaveta anterior

Teste da gaveta anterior

Em decúbito dorsal, joelho em 90º de flexão, o examinador senta sobre o pé do paciente e com as duas mãos apoiadas na região posterior do terço superior da tíbia, traciona-a anteriormente. É positivo quando percebe-se uma anteriorização da tíbia ao movimento realizado, sem a sensação de “parada” que o ligamento íntegro produz. Varia de […]

Síndrome do impacto no Ombro

Síndrome do impacto no Ombro

Também conhecida como conflito subacromial, a síndrome do impacto no ombro consiste em uma patologia de compressão de alguma estrutura no ombro ou de atrito mecânico, caracterizada pela inflamação ou degeneração na região umeroacromial. A síndrome do impacto (SI) no ombro ocorre quando o espaço normalmente estreito entre o acrômio e o manguito rotador (conjunto de quatro tendões) com […]

Fratura de Maisonneuve

Fratura de Maisonneuve

A fratura de Maisonneuve é uma entidade rara, correspondendo a 7% das fraturas de tornozelo. Ocorre quando o maléolo medial está fraturado, o encaixe do tornozelo (articulação entre a tíbia e o tálus) está aberto, e o segmento distal da fíbula não está fraturado. Sem fratura distal da fíbula, a articulação só pode perder a […]