Zonas de Verdan

Em 1983 Kleinert e Verdan propuseram um sistema de classificação em zonas para as lesões de tendão no nível do punho e da mão.

Zonas de lesão dos tendões flexores:

  1. Distal a inserção do flexor superficial, que vai da metade da ponta dos dedos até a metade da falange média. Ferimentos nessa zona causam lesão do flexor profundo dos dedos.
  2. Tunel osteofibroso: vai da metade da falange média até a prega palmar (polia A1). Conhecida como “terra de ninguém” pois reparos são difíceis. Contém os flexores superficial e profundo dos dedos
  3. Extende da prega palmar (polia A1) até o tunel do carpo. Contém os músculos lumbricais
  4. Zona sobre o ligamento carpal
  5. Zona proximal ao ligamento carpal

Zonas de lesão dos tendões extensores:

  1. Articulação interfalangiana distal;
  2. Falange média;
  3. Articulação interfalangiana proximal;
  4. Falange proximal;
  5. Articulação metacarpofalangiana;
  6. Dorso da mão;
  7. Compartimento extensor do punho;
  8. Músculos extensores extrínsecos.
  • Compartimentos da zona VII:
    1. Abdutor longo e extensor curto do polegar;
    2. Extensor longo e curto do carpo;
    3. Extensor longo do polegar;
    4. Extensor do próprio do indicador, extensor comum dos dedos;
    5. Extensor do dedo mínimo;
    6. Extensor ulnar do carpo.
Inscrever-se
Avisar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
0
"Gostaria de saber o que pensa do assunto, deixe um comentário ou dúvida aqui"x
()
x

New Report

Close