aquecimento

Importância do aquecimento na prevenção de lesões nas práticas esportivas

Primeiramente falaremos sobre a importância do aquecimento que é tão essencial e benéfico para quem faz exercícios e se tornou indispensável em nossas atividades físicas. Segundo alguns fisiologistas e preparadores físicos, o principal objetivo do aquecimento é preparar o organismo para o esporte, seja em treinamento, na competição ou no lazer. Ele visa obter o estado ideal psíquico e físico, a preparação para os movimentos e principalmente prevenir as lesões.

Existem dois tipos de aquecimento: o geral e o específico. O aquecimento geral deve possibilitar um funcionamento ativo do organismo como um todo. Para isso devemos fazer exercícios que utilizam de grandes grupos musculares. Correr ou trotar é um bom exemplo.

Já o aquecimento específico utiliza exercícios específicos para uma determinada modalidade. Aqui, os exercícios devem utilizar a musculatura exigida no esporte que será feito em seguida. Nota-se que o  aquecimento específico deve ser feito após o aquecimento geral.

A importância do aquecimento na prevenção de lesões ocorre pois o aumento na temperatura do tecido produzido durante o aquecimento foi sugerido como sendo responsável pela redução de incidência e probabilidade de lesões músculo-esqueléticas. A elasticidade muscular depende da saturação sanguínea. Portanto, músculos frios com saturação sanguínea baixa estão mais suscetíveis à lesão ou danos que os músculos em temperaturas altas e concomitante saturação sanguínea mais alta.

O movimento de percurso articular também melhora em temperaturas mais altas devido ao aumento da extensibilidade dos tendões, ligamentos e outros tecidos conjuntivos. Jamais se esqueça de realizar o aquecimento antes da prática esportiva, pois para um bom desempenho no esporte ou em qualquer outra atividade física ele é primordial.

aquecimento

Há dois tipos de aquecimento – geral e específico. O aquecimento geral ativa todo o organismo e é feito mobilizando grandes grupos musculares. A corrida é um excelente aquecimento geral. O aquecimento específico, por sua vez, trabalha grupos musculares menores e é voltado para aquecer a musculatura que será trabalhada naquele treino.

Benefícios do aquecimento geral

Ao aquecer o corpo de maneira geral, eleva-se a temperatura corporal e muscular, preparando o sistema cardiorrespiratório para a atividade. Quando a temperatura corporal se eleva, as reações fisiológicas necessárias para a prática esportiva ocorrem mais facilmente.

O metabolismo aumenta suas atividades em 13% para grau de temperatura. Com isso, há maior irrigação sanguínea e maior oxigenação nos tecidos. Esse aquecimento proporciona maior elasticidade a músculos, ligamentos e tendões. Desse modo, há mais resistência elástica e resistência ao atrito, reduzindo o risco de contraturas, rupturas ou outras lesões.

Nas articulações, o aquecimento geral aumenta a produção de líquido sinovial, protegendo ossos e cartilagens, deixando-os mais resistentes ao impacto e à pressão.

Benefícios do aquecimento específico

Após o aquecimento geral, dependendo do treinamento, é preciso realizar o aquecimento específico. Os movimentos do aquecimento específico são similares aos que serão feitos posteriormente, já na prática esportiva, funcionando
diretamente na prevenção de lesões. Para isso, além da repetição mais lenta de alguns movimentos, são indicados exercícios de alongamento e relaxamento. O aquecimento específico ajuda a direcionar o fluxo sanguíneo para os grupos musculares que serão trabalhados durante o treino, diminuindo o risco de lesões.

CUIDADOS QUE DEVEM SER TOMADOS

– A idade é um fator que influencia no aquecimento. Pessoas mais velhas devem fazer exercícios de aquecimento mais lentos e por um período maior, para que a temperatura corporal suba gradativamente;
– Pessoas com maior nível de treinamento precisam de um aquecimento mais vigoroso. Isso se aplica, principalmente, a atletas profissionais ou a amadores que treinam constantemente;
– Ao fazer exercícios pela manhã, o aquecimento deve ser mais gradual e ter maior duração;
– Em dias frios e/ou úmidos (chuvosos), é preciso fazer mais tempo de aquecimento antes de iniciar a prática de exercícios;
– O ideal é iniciar os exercícios entre cinco e dez minutos após o aquecimento. O efeito do aquecimento dura, em média, 30 minutos.

Leia mais:

Inscrever-se
Avisar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Traumatologia e Ortopedia
0
Deixe um comentário ou dúvida sobre o assunto aqui. Não precisa de conta, todos podem escrever.x
()
x

New Report

Close