dormencia

Dormência

A dormência refere-se à perda parcial ou completa da sensibilidade. Pode ser um sintoma de mau funcionamento do sistema nervoso.

Pessoas com dormência podem não conseguir sentir um toque leve, dor, temperatura ou vibração, ou mesmo saber onde as partes do seu corpo estão (sensação de posição). Quando as pessoas não sabem onde as partes do seu corpo estão, elas têm problemas com equilíbrio e coordenação.

Muitas pessoas usam erroneamente o termo dormência quando têm sensações anormais, como formigamento ou sensação de picada, ou quando um membro parece fraco ou paralisado — possivelmente porque as pessoas com dormência muitas vezes também têm tais sensações e sintomas anormais. A presença de outros sintomas depende da causa da dormência.

Se ela estiver presente um longo tempo, em especial nos pés, pode levar a outros problemas. As pessoas podem ter dificuldade para caminhar e dirigir um veículo, e podem ter maiores chances de cair. Elas podem não notar infecções, úlceras nos pés e lesões porque também não sentem dor. Nesses casos, o tratamento pode ser retardado.

dormencia

Via de sensibilidade

Para um indivíduo sentir sensações normalmente, os receptores sensoriais (terminações especializadas de fibras nervosas sensitivas na pele) devem detectar informações no corpo e ao redor dele. Portanto, esses receptores devem enviar um sinal ao longo da seguinte via:

  • Por nervos sensitivos (nervos da pele até a medula espinhal)
  • Por raízes nervosas espinhais, formadas por nervos sensitivos reunidos em ramos curtos e grossos que passam pela coluna dorsal (vértebras) para se conectarem à medula espinhal.
  • Até a medula espinhal
  • Pelo tronco cerebral
  • Para a parte do cérebro que percebe e interpreta esses sinais (no telencéfalo)

Para algumas partes do corpo, a via inclui um plexo ou cauda equina.

Plexos são as redes de fibras nervosas sensitivas e fibras nervosas motoras (que transportam sinais da medula espinhal e do cérebro aos músculos e outras partes do corpo). Nos plexos, essas fibras nervosas são combinadas e classificadas para atender a uma área específica do corpo. As fibras então bifurcam-se do plexo para tornarem-se nervos periféricos. Há quatro plexos no tronco.

A cauda equina é um conjunto de fibras de raiz nervosa espinhal na parte inferior da medula espinhal. Essa estrutura parece um rabo de cavalo, que é o significado do nome em latim. Ela dá sensibilidade às coxas, nádegas, genitais e à área entre eles, chamada de área de sela por ser a área do corpo que tocaria a sela.

Causas

A dormência ocorre quando uma parte da via de sensações funciona mal, geralmente devido a uma doença ou um medicamento.

Muitos quadros clínicos podem causar a dormência de várias formas. Por exemplo, eles podem

  • Reduzir ou bloquear o suprimento de sangue aos nervos no corpo, como ocorre na vasculite, ou no cérebro, como resultado de um acidente vascular cerebral
  • Lesionar parte da via de sensibilidade, em função de lesões ou doenças hereditárias que afetam nervos (neuropatias), como ataxia de Friedreich
  • Pressionar (comprimir) uma parte da via
  • Infeccionar um nervo, como ocorre na lepra, infecção por HIV ou doença de Lyme
  • Causar inflamação em parte da via e perder a sua camada externa (chamado desmielinização), como ocorre na esclerose múltipla ou síndrome de Guillain-Barré
  • Causar anormalidades metabólicas, o que pode ocorrer com diabetes, deficiência de vitamina B12, ou envenenamento por metais pesados (como chumbo) ou outra toxina ou quando são usados medicamentos para quimioterapia

A pressão em partes diferentes da via tem várias causas, dependendo de qual parte da via for afetada (consulte a tabela Algumas causas e características de dormência), como nos seguintes casos:

  • Pressão nos nervos: Repetir movimentos específicos várias vezes, causar inchaço, como ocorre na síndrome do túnel do carpo, ou permanecer em uma posição por muito tempo, como quando as pessoas se sentam com as pernas cruzadas por muito tempo
  • Pressão nas raízes de um nervo na coluna: Ruptura ou herniação de um disco na coluna, osteoartrite ou restrição da passagem da medula espinhal (estenose espinhal)
  • Pressão na medula espinhal: Tumor, lesão ou uma bolsa de sangue (hematoma) ou pus (abscesso) perto da medula espinhal

Avaliação

Como muitas doenças podem causar dormência, os médicos fazem perguntas sistematicamente, concentrando-se nas causas mais prováveis.

Sinais de alerta

Em pessoas com dormência, os seguintes sintomas são motivo de preocupação:

  • Dormência começa repentinamente (em minutos ou horas)
  • Fraqueza começa repentina ou rapidamente (em horas ou dias)
  • Dormência ou fraqueza que rapidamente estende-se acima ou abaixo do corpo, envolvendo cada vez mais partes do corpo
  • Dificuldade em respirar
  • Dormência nas coxas, nádegas, genitais e na área entre eles (área de sela) e perda de controle do intestino e da bexiga (incontinência)
  • Dormência nos dois lados abaixo de um nível específico do corpo (como abaixo da linha média do peito)
  • Dormência na perna ou no braço completo
  • Perda de sensibilidade no rosto e tronco
Inscrever-se
Avisar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Traumatologia e Ortopedia
0
Deixe um comentário ou dúvida sobre o assunto aqui. Não precisa de conta, todos podem escrever.x
()
x

New Report

Close