Classificação de Brodsky

Classificação usada para lesões no pé diabético

Grau I: Pele intacta, mas representa uma lesão pré-ulcerativa, com eritema, formação de calosidade e possível hemorraria intradérmica sobre proeminências ósseas.

Grau II: Úlcera de pele de espessura total, sem acometer o subcutâneo

Grau III: Úlcera que se estende até tendão ou capsula articular, sem exposição óssea ou articular

Grau IV: Úlcera com expossição óssea ou articular, associada a osteomielite ou pioartrite

Existe também uma classificação alfanumérica que leva em consideração a profundidade e o grau de isquemia da lesão.

Classificação de Brodsky – Número + letra
Grau                                 Definição
Profundidade
0Pé em risco – úlcera prévia ou neuropatia.
1Úlcera superficial, sem infecção.
2Úlcera profunda, expondo tendão ou cápsula articular.
3Úlcera profunda, com exposição óssea ou infecção profunda (osteomielite ou abscesso).
Isquemia
ASem isquemia.
BIsquemia sem gangrena.
CGangrena parcial (antepé).
DGangrena do pé todo.
Inscrever-se
Avisar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
0
"Gostaria de saber o que pensa do assunto, deixe um comentário ou dúvida aqui"x
()
x

New Report

Close