Cistos nos ossos, o que eles são?

Os cistos ósseos são cavidades que podem se formar no interior dos ossos e podem ser preenchidas de sangue, líquido sinovial ou inflamatório ou até mesmo material ceratinoso. Podem se formar em qualquer osso, estar localizado na região central ou nas extremidades dos ossos.  

Os cistos ósseos tendem a crescer lentamente e a maior parte das vezes são assintomáticos.  Dores e inchaços podem ocorrer localmente se houver associação com fratura ou outra lesão, o que não é tão raro uma vez que o osso se torna frágil e está mais suscetível a lesões. Eles costumam aparecer entre a primeira e segunda década de vida do indivíduo. São considerados benignos ou “pseudo-tumores”, por não se tratar de uma neoplasia verdadeira.

As causas do surgimento dos cistos

A causa do surgimento do cistos ósseos não é bem explicada, pode estar intrinsecamente ligada à proliferação intra óssea de células ou de vasos sanguíneos. O cisto se comporta como sendo um grande processo inflamatório e não como um comportamento tumoral típico.

Como e onde eles se apresentam?

Normalmente, o cisto ósseo simples se apresenta como uma lesão solitária única, seu interior pode ser repleto de líquido amarelo-claro ou de sangue, em casos de cistos aneurismáticos.

Eles surgem próximos às articulações dos ombros e quadril, mas também é comum, que apareçam no meio dos ossos do úmero e fêmur, ou até mesmo em outras localizações, como no caso das mãos. Há casos onde eles se tornam presentes, ocasionalmente, em ossos da coluna vertebral.

São muito mais comuns em crianças e adolescentes. Normalmente, eles não causam sintomas, salvo quando em iminência de fratura ou se já fraturados.

Diagnóstico x Tratamento

O diagnóstico dos cistos ósseos é feito por meio de exames de imagem, como radiografias e ressonância magnética e pode ser também realizada  uma biópsia (amostra de tecido) para um diagnóstico mais preciso.

O tratamento mais recomendado é a remoção, que pode ser feita por raspagem. Em alguns casos, pode haver necessidade de fazer enxerto ósseo de outra área. Há casos, também, em que o tratamento recomendado é a aplicação de injeção de corticosteroides. 

Às vezes, os cistos se tornam recorrentes, principalmente se não forem removidos completamente. Também encontramos situações onde eles desaparecem por completo na adolescência, sem que haja qualquer tipo de tratamento.

Inscrever-se
Avisar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
0
Deixe um comentário ou dúvida sobre o assunto aqui. Não precisa de conta, todos podem escrever.x
()
x

New Report

Close