Canelite: o que você precisa ler sobre essa incômoda dor na canela

Síndrome do Estresse Tibial Medial ou Canelite

O termo “canelite” descreve a dor sentida ao longo da das canelas. Chamada popularmente de Canelite, essa dor, semelhante a uma queimação pode estar localizada mais acima ou mais abaixo, e é sentida nas bordas do osso da canela, a tíbia.

O seu ortopedista pode chamar a canelite também pelo seu nome técnico: Síndrome do estresse tibial medial ou Periostite medial da tíbia.

A Canelite afeta normalmente pessoas que fazem atividade física de moderada a pesada. Estão mais propensos a desenvolvê-la aquelas pessoas que participam de esportes de impacto constante como a corrida, e esportes de parada e retomada como tênis, futebol ou basquete. A canelite é muito frequente entre os corredores; atletas e principalmente amadores.

É considerada uma das 3 principais causas (junto à fascite plantar e a Síndrome femoro-patelar) de lesão em corredores. Às vezes essa dor na canela pode ser tão intensa, que faz com que o atleta tenha que interromper a atividade imediatamente, e por longo tempo, para recuperação.

ranstorno de estresse cumulativo, a canelite não ocorre como uma lesão repentina. Ela decorre de repetida sobrecarga e do estresse sobre os ossos, músculos e articulações das pernas, somado a falta de tempo para o corpo descansar do estresse imposto.

Causas da Canelite

A dor da canelite é resultado de esforço excessivo no osso da canela (tíbia) e os tecidos que prendem o osso da canela aos músculos que o rodeiam. É uma lesão ocasionada por excesso de carga e aparece quando a musculatura não suporta o esforço imposto a ela. Também é conhecida como periostite tibial pois o periósteo tibial (membrana que envolve o osso) fica inflamado, causando dor, inchaço e vermelhidão no local.

A força excessiva suportada pelas pernas faz com que os músculos inchem e aumentam a pressão contra o osso, levando a dor e inflamação.

A Canelite também pode ser acompanhada de fraturas por estresse. A batida constante das pernas no chão pode causar pequenas fissuras na tíbia e fíbula. O corpo pode reparar essas rachaduras se tiver tempo para descansar. No entanto, se o corpo não tem tempo para descansar, as rachaduras minúsculas podem resultar em uma fratura completa ou uma fratura de estresse, o que acaba geralmente acontecendo em quem insiste na prática esportiva ignorando os sintomas.

Algumas causas adicionais que favorecem o aparecimento da Canelite incluem:

  • Anomalias anatômicas (como a síndrome do pé chato, que altera a pisada)
  • Fraqueza muscular nas coxas ou nádegas
  • Falta de flexibilidade
  • Técnicas de treinamento inadequadas
  • Falta de aquecimento prévio à pratica esportiva

Situações que causam sobrecarga nas canelas e potencial dor na canela:

  • Correr em superfícies inclinadas ou terreno irregular
  • Usar calçados inadequados para corrida, trilhas ou esportes de aventura
  • Participar de esportes que têm paradas e retomadas bruscas como tênis, squash e basquete (o futebol é menos afetado por causa do deslizar e maciez da grama).
  • É mais propensa a ocorrer quando os músculos da perna e tendões estão cansados.
  • Mulheres, pessoas com pé chato, atletas, recrutas militares e dançarinos têm maior probabilidade de desenvolver canelite

Sintomas da Canelite

Pessoas com Canelite irão experimentar alguns dos seguintes sintomas:

  • Sensibilidade e / ou dor incômoda na parte frontal medial (lado de dentro) da canela, mais acima.
  • Sensibilidade e / ou dor incômoda na parte posterior lateral (lado de fora) da canela, mais abaixo.
  • Dor que piora durante o exercício
  • Dor muscular
  • Inchaço na perna (geralmente leve, se presente)
  • Entorpecimento e fraqueza nos pés

Consulte o seu médico se sua lesão não responder aos métodos de tratamento comuns, como o descanso e alongamentos, ou se você está enfrentando qualquer um dos seguintes sintomas:

  • Dor na canela forte após uma queda ou acidente
  • Queimação na canela
  • Canela visivelmente inflamada
  • Inchaço na canela, que vai ficando pior com o passar do tempo
  • Dor na canela mesmo quando se está descansando

Diagnóstico da Canelite

Seu ortopedista deve ser capaz de diagnosticar canelite com um exame físico. Ele vai perguntar sobre os tipos de atividades físicas que você participa e quantas vezes você pratica. Seu Ortopedista (prefira um ortopedista do esporte) pode solicitar exames de imagem e raios-X, se suspeitar que você tem fratura óssea ou uma condição diferente da canelite.

Tratamento para Canelite

A Síndrome do estresse tibial medial normalmente exige que se faça uma pausa de certas atividades físicas para dar descanso às canelas. O desconforto será completamente resolvido em algumas horas ou no máximo com alguns dias de descanso e atividade física limitada. O tempo de inatividade para tratar a canelite normalmente é de cerca de duas semanas. Durante este tempo, para manter a forma física, você pode praticar esportes ou atividades que são menos propensas a causar impactos. Isso inclui natação ou caminhadas leves.

O seu ortopedista irá provavelmente sugerir que você deve:

  • Manter as pernas elevadas
  • Usar compressas de gelo para reduzir o inchaço
  • Tomar analgésicos simples como Paracetamol ou Dipirona
  • Usar bandagens de compressão
  • Aquecer antes dos exercícios, pois esta é uma boa maneira de certificar-se de que suas pernas não estão mais doloridas.

Síndrome Compartimental

A canelite raramente requer cirurgia, já a Síndrome Compartimental é uma condição dolorosa em que há aumento da pressão na musculatura e nos demais tecidos contidos num espaço delimitado pelas fáscias (compartimento) e que pode ser confundida com a canelite. Quando crônica, com o esportista em repouso, a pressão do compartimento é normal e praticamente nada se sente. Durante o esporte, no entanto, a pressão sobe, reduzindo o fluxo sanguíneo de nervos e músculos com consequente desenvolvimento de sintomas.

Se a síndrome compartimental acontece, e a dor é severa, a cirurgia para abrir a fáscia (grosso tecido que envolve os músculos) pode ser necessária.

Como evitar a Canelite?

Algumas medidas que você pode tomar para evitar a canelite:

  • Usar tênis que calçem bem e ofereçam bom suporte aos pés
  • Usar palmilhas absorventes de choque
  • Evitar exercícios em superfícies duras, inclinadas ou em terreno irregular
  • Aumentar gradualmente a intensidade do exercício
  • Aquecer antes dos exercícios
  • Certificando-se de se alongar adequadamente
  • Envolver no treinamento, exercícios de força que ajudem fortalecer as panturrilhas
  • manter o exercício se estiver sentindo dor
  • Não correr descalço

Qualquer programa de exercícios intensivos requer o fortalecimento de todos os grupos musculares circundantes. Treinos devem ser variados para evitar o uso excessivo e trauma a qualquer grupo muscular em particular. Você deve abster-se de qualquer programa de exercício intenso se dor muscular severa ou outros sintomas físicos aparecerem.

Saiba mais fratura de estresse aqui >

Inscrever-se
Avisar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
0
Deixe um comentário ou dúvida sobre o assunto aqui. Não precisa de conta, todos podem escrever.x
()
x

New Report

Close