alongamento

Alongamentos na prevenção de lesões

Ele é benéfico antes ou depois das atividades físicas? Mas afinal o que ocorre quando alongamos nosso corpo?

Já em relação aos alongamentos existem opiniões divergentes na área da medicina esportiva, alguns estudos científicos questionam os alongamentos na prevenção de lesões ou se ele é benéfico antes ou depois das atividades físicas. Mas afinal o que ocorre quando alongamos nosso corpo?

Os alongamentos são exercícios voltados para o aumento da flexibilidade muscular, que promovem o estiramento das fibras musculares, fazendo com que elas aumentem o seu comprimento.

O principal efeito dos alongamentos é o aumento da flexibilidade, que é a maior amplitude de movimento possível de uma determinada articulação.

Quanto mais alongado um músculo, maior será a movimentação da articulação comandada por aquele músculo e, portanto, maior a sua flexibilidade.

Os alongamentos conseguem esse resultado por aumentarem a temperatura da musculatura e por produzirem pequenas distensões na camada de tecido conjuntivo que revestem os músculos. Nossos músculos, que são responsáveis pelos nossos movimentos, possuem, entre outras características importantes, a elasticidade, que lhes permite voltar ao tamanho normal depois de alongados.

Os atletas estudados demonstraram uma capacidade menor de geração de força muscular das extremidades inferiores após o alongamento estático do que aqueles que não fizeram nenhum tipo de alongamento. Outros estudos encontraram que o alongamento muscular diminui em até 30 por cento a força muscular.

O alongamento estático geraria uma resposta neuromuscular inibitória. O músculo alongado tornar-se- ia menos reativo e fica enfraquecido por até 30 minutos após o alongamento, o que ninguém deseja antes de começar um treino. Além disso, o estudo apontou que o alongamento pode ser prejudicial para o treino de força, especialmente se eles realizam o alongamento logo antes ou entre as séries do treinamento. O alongamento reduziria a resistência à ruptura das fibras musculares e está em contradição com a necessidade de uma forte contração do músculo para vencer a resistência e, assim, atingir o objetivo de fortalecimento.

Com estes conceitos em mente, a ideia do alongamento dinâmico, que aumenta a potência, flexibilidade e amplitude de movimento dos músculos vem crescendo no mundo do esporte. Os músculos aquecidos com movimento não receberiam a mesma resposta inibitória exercida pelo aquecimento estático, em vez disso recebem uma mensagem ativadora vinda do cérebro.

alongamento

Entretanto, devido à vida sedentária, para não atletas, posturas inadequadas, estresse diário e a não realização de alongamentos, o ser humano pode ter estruturas do corpo comprometidas pelo desalinhamento ou sobrecarga que sofrem. Com os músculos tensos ou encurtados, não haverá amplitude normal de movimentos, nem uma boa circulação sanguínea, além de causar desconfortos e até dores.

Isso mostra a importância de realizarmos alongamentos com frequência, entretanto, mais importante do que realizá-los, é fazê-los de maneira correta. Nesses indivíduos deve ser realizado sessões de alongamentos estáticos separado das atividades físicas.

Saiba mais sobre a importância do aquecimento >

Inscrever-se
Avisar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Traumatologia e Ortopedia
0
Deixe um comentário ou dúvida sobre o assunto aqui. Não precisa de conta, todos podem escrever.x
()
x

New Report

Close