Lesões frequentes no futebol, tênis e vôlei

Saiba mais:

>>> No futebol: ruptura do ligamento cruzado anterior, lesão do ligamento colateral medial do joelho, ruptura de menisco, entorse de tornozelo, fratura de estresse (edema ósseo), fratura da tíbia, estiramento da musculatura da coxa, ruptura do tendão calcâneo e pubalgia.

>>> No vôlei: tendinite dos tendões do ombro, lesão SLAP, compressão do nervo supraescapular, ruptura do ligamento talofibular anterior, tendinite patelar e luxação de patela.

>>> No tênis: epicondilite, tendinite do bíceps, impacto fêmoro-acetabular, estiramento do ligamento colateral medial do joelho, distensão do músculo gastrocnêmio e ruptura de menisco no joelho.

Lesões esportivas em membros superiores e inferiores

As lesões podem ser consideradas como o principal fator de afastamento de atletas de sua modalidade esportiva. Esse afastamento é prejudicial, pois influencia diretamente no seu desempenho físico e técnico, além dos possíveis prejuízos psicológicos, já que a recuperação pode ser demorada, exigindo dele muita paciência e cautela para voltar à atividade, consequentemente a equipe também é prejudicada.

As lesões, muitas vezes, acabam acontecendo em momentos importantes de suas carreiras, afastando-os de competições, tirando-os de seleções e, em alguns casos, provocando o abandono precoce da carreira.

Cada esporte tem suas características próprias de espaço, tempo, dinâmica e exigências físicas, o que pode caracterizar o tipo de lesão mais frequente em cada um deles. Por exemplo: a natação ou tênis, que são esportes onde não há nenhum tipo de contado físico com o adversário terá, certamente, diferentes lesões do que o boxe ou judô, onde o contato físico é predominante.

Modalidades esportivas coletivas (basquetebol, futebol, futsal e handebol) têm suas lesões especificas, considerando-se que os atletas mantêm um contato físico constante. Incluindo-se a elas o voleibol, podem-se também considerar as lesões decorrentes dos constantes deslocamentos, saltos e movimentos bruscos.

Como utilizar a compressa morna e fria >

MUITO BOM! VOCÊ LEU TODO O CONTEÚDO. Ficou alguma dúvida? Deixe uma pergunta nos comentários abaixo, que será respondida.

Esportiva-Brasília
Esportiva-Brasília

Dr. Márcio R. B. Silveira, criou a Clínica Salus Ortopedia e Fisioterapia em Brasília-DF, para atuar principalmente no tratamento de lesões de cartilagem, buscando sua reparação e transplante; lesões de menisco com sutura em crianças e reparo; rupturas ligamentares articulares e sua reconstrução biológica e prevenção; tratamento da artrose, com medidas medicamentosas e artroplastias; tendinites e rompimento de tendões provocadas tanto por atividades esportivas, como por alterações degenerativas; fraturas em idosos que apresentam ossos mais frágeis; e enfoque na reabilitação muscular e postural, através de protocolo exclusivo baseado na análise cinemática da marcha.