Descoberta do processo de como a água é gerada nos asteroides

O projeto financiado pela NASA, viu a equipe usar um pedaço do meteorito Murchison, que caiu na Austrália há 50 anos, e simular as condições climáticas de uma cintura de asteroides dentro de uma máquina especialmente construída que imita as condições à superfície de um asteroide.

Assim, a equipa usou eletros energizados para simular ventos solares e lasers para imitar pequenos meteoroides que atingiam o asteroide. Ao mesmo tempo, o processo monitorizava os níveis das moléculas de água à superfície.

Como resultado, os impactos de meteoritos deram início à reação. Posteriormente o vento solar atingiu a superfície, deixando os átomos de oxigênio e hidrogênio unidos, criando água.

Asteroide e água

Nesse sentido, estas evidências poderão ser reveladoras da origem de metade da água dos oceanos da Terra. Assim, esta poderá ter vindo do impacto de objetos parecidos.

Deixe uma mensagem