Discussões Síndrome do Impacto do Ombro

Questão Síndrome do Impacto do Ombro 001

Discussão:
Impacto do ombro
Lesão crônica do MR por impacto no espaço subacromial
Tipos de impacto:
Primário: sem associação a outras patologias.
Intrínseco: aumento do volume do manguito (bursite, calcificações, espessamento)
Extrínseco: diminuição do espaço por onde o manguito passa (esporão subacromial, fratura acromial, os acromiale patológico, osteófitos da acromioclavicular, exostose do grande trocanter).
Secundário: instabilidade da articulação glenoumeral, que translada para anterior e causa impacto do MR contra o arco coracoacromial.
Subcoracoide: contato do coracoide com MR; coracoide proeminente. TC: distância menor que 6,8cm do coracoide até o úmero proximal é sugestiva.
Interno: MR contra porção posterossuperior da glenoide (em abdução, extensão e rotação externa)
Classificação de Bigliane de tipos de acrômio:
1, 2, e 3, sendo 1 o menos ganchoso, com menor comprometimento da saída do supra, e 3 o mais ganchoso e com maior comprometimento do manguito.
Estágios de Neer da síndrome do impacto:

questao sindrome do impacto do ombro 001

Tratamento:
Conservador: sempre tentar 3-4 meses; AINES; infiltração subacromial (1-2 no máximo); fisioterapia.
Cirúrgico: falha do conservador; acromioplastia aberta ou artroscópica.
Princípios de Neer para acromioplastia:
Liberação do lig coracoacromial; ressecção da proeminência anterior e lateral do acrômio; ressecção de toda a porção do acrômio anterior à borda anterior da clavícula; ressecção de 1 a 1,5cm da clavícula distal (se degeneração acromioclavicular) – cirurgia de Mumford.

Questão Síndrome do Impacto do Ombro 002

Discussão:
Estágio 1: edema e hemorragia, pacientes jovens, dd subluxação, artrose acromioclavicular, tratamento conservador.
Estágio 2: fibrose e tendinite, 25-40 anos, dd ombro congelado, tendinite calcárea. Bursectomia, divisão do acromioclavicular.
Estágio 3: esporão e ruptura tendíneas, > 40 anos, dd radiculopatia cervical, neoplasia. Acromioplastia, RMR.

Questão Síndrome do Impacto do Ombro 003

Discussão:
O impacto subcoracoide é diagnosticado através da TC através de uma distância menor do que 6,8cm do úmero proximal.
Outros tipos de impacto:
Primário: intrínseco e extrínseco (subcoracoide)
Secundário (frouxidão)
Subacromial
Interno (glenoidal)

Questão Síndrome do Impacto do Ombro 004

Discussão:
Estágio 1: < 25 anos; edema e hemorragia. DD: artrose acromioclavicular, subluxação. Tratamento conservador.
Estágio 2: 25-40 anos; tendinite e fibrose. DD: tendinite calcária, ombro congelado. Bursectomia; divisão do ligamento acromioclavicular.
Estágio 3: > 40 anos; esporão, ruptura tendíneas. DD: radiculopatia cervical, neoplasia. RMR; acromioplastia.

Questão Síndrome do Impacto do Ombro 005

Discussão:
O sítio mais comum de falha de ossificação fica entre o meso e o meta-acrômio. Estão presentes em 2,7% da população e são bilaterais em 60%; a maioria é assintomática, mas há associação com impacto em alguns. O os acromiale pode ser visto nas incidências de saída do supra e axilar (Campbell).

questao sindrome do impacto do ombro 005 discussao

 

Traumatologia e Ortopedia

New Report

Close