Discussões Ombro do Arremessador

Questão Ombro do Arremessador 001

Discussão:
Lesão causada por sobrecarga excessiva ou falha mecânica. Difere quantitativamente da biomecânica das atividades diárias.
Divisão em 5 fases:
1) Movimento preparatório: levanta membro inferior contralateral; termina quando a bola sai da mão com luva.
2) Early cocking: arremessador em direção ao alvo; girando em torno do pé; membro superior em abdução e rotação externa.
3) Late cocking: começa quando o pé não dominante bate no chão; máxima rotação externa na extremidade superior. Pico de força no complexo glenoumeral inferior. Maior atividade através do dorso e braço.
4) Aceleração: transferência na direção superior; peitoral e latíssimo são os RI primários; em profissionais, o subescapular também está ativo; em amadores, todo o MR e o bíceps. Fase termina com a soltura da bola (transferência de 1/3 da energia)
5) Follow through: dissipação dos outros 2/3 da energia nos MMII.

Questão Ombro do Arremessador 002

Discussão:
Grupo de lesões de Jobe do ombro do arremessador:
1) Dor secundária ao impacto: grupo pequeno, >25 anos, impacto, sem instabilidade. Tratamento conservador, acromioplastia se fracassar.
2) Dor secundária ao impacto por instabilidade com origem no ligamento glenoumeral. Grupo maior, lesão do complexo glenoumeral anterior. Impacto e recolocação positivos. Tratamento conservador -> falha = artroscopia com reconstrução anatômica. Sem indicação de acromioplastia.
3) Dor secundária ao impacto por frouxidão generalizada: similar ao grupo II, porém com instabilidade multidirecional. Reabilitação, reconstrução da capsula lateral anterior como última opção. Acromioplastia contraindicada.
4) Dor secundária a instabilidade sem impacto: após trauma isolada; geralmente unidirecional; tratar Bankart.
5) Dor secundária ao impacto interno: dor na armação inicial e tardia; sem instabilidade. Fibrilação do manguito. Impacto desta estrutura na glenoide e lábio posterior. Desbridamento artroscópico.

Questão Ombro do Arremessador 003

Discussão:
Fases do arremesso:
1. Preparação: bola sai da mão com luva.
2. Early cocking: inicia rotação externa e abdução do membro superior.
3. Late cocking: pé toca no chão; ápice de rotação externa; pico de exigência do LGUI.
4. Aceleração: transferência de energia – 1/3 para bola. Rotação interna do ombro.
5. Follow through: dissipação de energia pelas pernas – 2/3.
Tipos de Jobe para lesão do ombro:
1. Dor secundária a impacto externo – única indicação para acromioplastia.
2. Dor secundária a impacto por instabilidade do complexo ligamentar glenoumeral.
3. Dor secundária a impacto por frouxidão ligamentar generalizada.
4. Dor associada a instabilidade, sem impacto
5. Dor associada a impacto interno.

Questão Ombro do Arremessador 004

Discussão:
O funcionamento harmonioso escapulo umeral é essencial para o arremesso e jogadores com alterações no seu funcionamento apresentam mais lesão.
A velocidade angular por atingir até 7mil graus por segundo.
O principal músculo envolvido é o subescapular, rotador interno.

Traumatologia e Ortopedia

New Report

Close