Discussões Lesão do Manguito Rotador

Questão Lesão do Manguito Rotador 001

Discussão:
LMR
Processo natural de envelhecimento.
Lesões: totais X parciais, agudas X crônicas, traumáticas X degenerativas
Clínica: dor insidiosa, progressiva, piora à noite. Disfunção: limitação do movimento ativo, evolui para perda do movimento passivo
Lesões de espessura parcial
Geralmente superfície articular do supra, perto de sua inserção. Podem envolver o infra; mais dolorosas que as totais (devido a tensão e enrijecimento das fibras remanescentes).
Classificação de Ellman:
Grau 1: >1/4 ou <3mm
Grau 2: ¼ – ½ ou de 3-6mm
Grau 3: >1/2 ou >6mm
Tratamento:
Conservador: sempre iniciar com ele; mudança de atividades, exercícios de alongamento e fortalecimento; AINE.
Cirúrgico: se houver falha; reparo artroscópico. Desbridamento: lesão <50% + idoso, inativo; Reparo: lesão >50% OU jovens, ativos.
Lesões de espessura total:
Lesão do MR em toda a espessura, não é incompatível com movimentação normal do ombro!
Classificação de Cofield:
Pequena: <1cm
Média: 1-2,99cm
Grande: 3-4,99 cm
Enorme: 5cm ou mais
Tratamento:
Não é necessário reparar imediatamente uma lesão de espessura pequena ou media, pois os resultados imediatos e tardios são iguais.
Conservador: resolução e 33-90%; indicado inicialmente para idosos e pacientes de baixa demanda. Cirurgia contraindicada em lesões do manguito associadas a rigidez (capsulite adesiva)
Cirúrgico: Lesão aguda em jovem ou idoso com limitação da RE contra resistência
Lesões maciças ou não reparáveis
Ocasionalmente algumas lesões são tão grandes ou tão retraídas que o reparo se torna impossível. Não há melhor solução nestes casos.
McLaughlin: sutura do tendão a uma calha no osso, em qualquer ponto avançando sobre a cabeça umeral. Oclusão confiável, mas perda de ganho mecânico.
Cofield: transposição do subescapular para preenchimento de grandes defeitos na inserção do supraespinhal. Cobre a cabeça umeral, porém causa grande tensão em abdução e rotação externa e diminui força do Sub.
Gerber: transferência do latíssimo para lesões do infra e supra; tendão do Sub deve estar intacto para não perder toda a RI.
Reparo parcial: ajuda a cobrir grandes defeitos como alternativa a desbridamento ou transferências.
DB + DSA: melhora da dor e qualidade de vida, assim como movimentos, mas inferior ao reparo. Na impossibilidade de reparo, mesmo em abdução.

Questão Lesão do Manguito Rotador 002

Discussão:
A lesão parcial mais comum é do supra na porção articular.

Questão Lesão do Manguito Rotador 003

Discussão:
A classificação de Ellman para lesões parciais do manguito avalia o tamanho da lesão:
Tipo 1: <1/4 ou <3mm
Tipo 2: ½-1/2 ou 3-6mm
Tipo 3: >1/2 ou >6mm

Questão Lesão do Manguito Rotador 004

Discussão:
Contraindicação absoluta para a realização de tratamento cirúrgico do manguito rotador é perda de ADM por capsulite adesiva, sendo necessário primeiro reabilitação e recuperação funcional, para depois operar o manguito.

Questão Lesão do Manguito Rotador 005

Discussão:
Classificação de Cofield para lesões totais do MR:
Pequena: < 1cm
Média: 1-2,99
Grande: 3-4,99
Extensa: 5 ou mais.

Questão Lesão do Manguito Rotador 006

Discussão:
Transferências musculares para lesões massivas:
Supraespinhal: transferência do subescapular. Pode ser ruim para função.
Subescapular e Supraespinhal: peitoral maior.
Supra e infraespinhais: transferência do grande dorsal.
Subluxação anterossuperior com lesão massiva: transferência subcoracoide do peitoral maior.

Questão Lesão do Manguito Rotador 007

Discussão:
<1 = pequena
1-2,99 = média
3-4,99 = grande
5 ou mais = extensa

Questão Lesão do Manguito Rotador 008

Discussão:
O tratamento conservador é o inicial em todos os pacientes.
Lesões traumáticas, porém, geralmente necessitarão de tratamento cirúrgico.
Os resultados de reparo artroscópico e aberto são semelhantes.
Não pode ser realizado reparo cirúrgico se o paciente apresentar rigidez do ombro, tendo esta de ser resolvida primeiramente.

Questão Lesão do Manguito Rotador 009

Discussão:
Classificação de Ellman é para lesões parciais do tendão.
1: <1/4, <3mm
2: ¼-1/2, 3-6mm
3: >1/2, >6mm

Questão Lesão do Manguito Rotador 010

Discussão:
O reparo de Gerber é indicado para lesões irreparáveis de Supra e Infra, com transferência do grande dorsal. Contudo, para funcionar, é necessário que o subescapular esteja íntegro.

questao lesao do manguito rotador 010  

Questão Lesão do Manguito Rotador 011

Discussão:
Lesões parciais são 2 a 3 vezess mais comuns na superfície articular. Geralmente relacionadas a fatores intrínsecos. A acromioplastia deve ser indicada somente quando provocar compressão extrínseca.
Em pacientes que praticam atividades acima da cabeça, deve-se iniciar o tratamento com alongamento da cápsula posterior, fortalecimento do manguito, aine, treinamento da mecânica de arremesso. O tratamento cirúrgico fica reservado aos casos de falha de tratamento clínico.

Questão Lesão do Manguito Rotador 012

Discussão:
Classificação de Goutallier:
0 – sem estrias gordurosas
1 – algumas estrias
2 – mais músculo que gordura
3 – músculo = gordura
4 – mais gordura que músculo

Questão Lesão do Manguito Rotador 013

Discussão:
A fonte da resposta é um artigo que diz que alguns autores advogam o tratamento cirúrgico de LMR parciais em pacientes jovens.
De fato, também não havia outra opção melhor do que essa dentre as respostas. Fisioterapia analgésica é insuficiente, infiltrações com corticoide só melhoram a dor, mas não a função, e ainda podem piorar a progressão, e desbridamento e acromioplastia não têm indicação nestes casos.

Questão Lesão do Manguito Rotador 014

Discussão:
I – menor que 3mm ou até 25%.
II – 3 a 6mm ou 25-50%
III – maior que 6mm ou mais que 50%

Questão Lesão do Manguito Rotador 015

Discussão:
O nervo supraescapular está a 1,8cm do rebordo posterossuperior da glenoide, de forma que o supraespinhal não pode ser mobilizado além disso.

Questão Lesão do Manguito Rotador 016

Discussão:
Para lesões do supra e infra, indica-se o grande dorsal (transferência de Gerber; o sub tem de estar íntegro para tal).
Para lesões só do supra, usa-se o sub.
Para lesões do supra e do sub, usa-se o peitoral maior.

Questão Lesão do Manguito Rotador 017

Discussão:
Estágios de desenvolvimento da síndrome do impacto:
Estágio 1: edema e hemorragia; <25 anos; DD: subluxação, artrose acromioclavicular. Reversível. Tratamento conservador.
Estágio 2: fibrose e tendinite. 25-40 anos. Capsulite adesiva, tendinite calcarea. Dor recorrente com atividade. Considerar bursectomia ou divisão do ligamento coracoacromial. Sizínio: acromioplastia clássica por via artroscópica ou aberta tem boa indicação pois alivia os sintomas e impede lesão do manguito.
Estagio 3: esporoes ósseos e ruptura tendíneas. >40 anos. Radiculite cervical, neoplasia. Disfunção progressiva. Acromioplastia, reparo do manguito. Sizínio: o diagnóstico é sempre clínico, mas confirmação por imagem pode ser obtida por USG ou RNM.

Questão Lesão do Manguito Rotador 018

Discussão:
Lembrar: lesão supra = Sub.
Lesão supra e infra = grande dorsal.
Lesão supra e Sub = peitoral maior.

Traumatologia e Ortopedia

New Report

Close