Ciências Básicas

Coluna

Infantil

Joelho

Mão

Ombro

Tornozelo e Pé

Quadril

Tumores

Discussões Doença de Scheuermann

Questão Doença de Scheuermann 001

Discussão:

Indicações de tratamento cirúrgico na cifose de Scheuermann: cifose >75 graus; progressiva; cifose associada a dor não responsiva ao tratamento.
Indicações de tratamento conservador: <50º; sem evidências de progressão por 4-6 meses; interromper ao concluir crescimento.
Órtese: brace de Milwaukee ou menores: apenas 1 ano de crescimento restante; alguma flexibilidade (40-50%); cifose >50 graus. Uso 24h por dia 12-18 meses. Se estabilizou, uso parcial até concluir o crescimento.
Boston: utilizada se compliance é ruim com Milwaukee. <70graus, cifose lexícel, eixo neurovestibular normal, ausência de contraturas dos flexores do quadril.
Lowe (TLSO modificado): ápice T9 ou mais baixo.

Questão Doença de Scheuermann 002

Discussão:

Causa de cifose grave, acomete 0,4-8,3% da população, especialmente entre os 10-12 anos, no estirão do crescimento. É descrito que afeta mais homens que mulheres, porém há controvérsias. Um terço apresenta escoliose concomitante. Se o ápice da escoliose é o mesmo da cifose, a curva é para a convexidade; se não, é para a concavidade.

Questão Doença de Scheuermann 003

Discussão:

Os critérios de Sorensen para Scheuermann típica são: encunhamento maior do que 5 graus de 3 ou mais vértebras adjacentes no ápice da curva; irregularidades da placa terminal com cifose maior do que 50 graus.
Atípica: irregularidades das placas terminais, nódulos de Schmorl, estreitamento dos discos intervertebrais, sem encunhamento dos corpos ou cifoses. Tardiamente, estas alterações ocorrem também na típica.

Questão Doença de Scheuermann 004

Discussão:

Acima

Questão Doença de Scheuermann 005

Discussão:

Geralmente a deformidade é mínima e de poucos sintomas. Fatores que contribuem para o risco de progressão são o número de anos restantes para crescimento e o número de vértebras afetadas.
Espondilólise é comum, mas geralmente não ocorre se cifose menor que 60 graus. Função pulmonar geralmente é normal se menor que 100 graus.
Na atípica, a dor melhora após vários meses de restrição de atividade extenuantes; sem sequela a longo prazo.
Também associam-se anormalidades endocrinológicas, hipovitaminoses, desordens inflamatórias e cistos durais.
Há um leve predomínio masculino.

Questão Doença de Scheuermann 006

Discussão:

A escoliose associada é de 10-20 graus e raramente progride. Se os ápices coincidem, a curva é para a convexidade. Se não, é para a concavidade.

Questão Doença de Scheuermann 007

Discussão:

As alterações radiográficas da doença de Scheuermann típica aparecem tardiamente, sendo, na típica, apenas o acunhamento visível precocemente.
O principal diagnóstico diferencial é o dorso postural curvo, que é flexível e passível de correção com a extensão do tronco. Outros diagnósticos incluem espondilodiscite, em caso de dor, osteocondrodistrofia (morquio, hurler), tumores, deformidades congênitas (cifose congênita), EA.
Scheuermann também apresenta encurtamento dos isquiotibiais, que deve ser tratado conjuntamente.
A coluna normal apresenta cifose de até 40 graus. Acima de 50 graus, deve-se considerar Scheuermann.

Questão Doença de Scheuermann 008

Discussão:

Escoliose está presente em 1 terço dos pacientes. Geralmente é de 10 a 20 graus, não progressiva, e pode ser tratada conservadoramente.
A deformidade cifótica não é flexível, sendo este o principal fator no diagnóstico diferencial de dorso curvo postural.
Espondilólise ocorre conforme a progressão da doença e pode ser observada em metade dos pacientes.

Questão Doença de Scheuermann 009

Discussão:

Com a cifose torácica, ocorre aumento da lordose lombar cervical e lombar, anteropulsão dos ombros e contratura dos isquiotibiais.

Questão Doença de Scheuermann 010

Discussão:
Alteração da placa terminal é um achado da clássica avançada ou, principalmente, da atípica (alteração da placa terminal, nódulos de Schmorl, estreitamento do espaço discal, sem encunhamento).

Questão Doença de Scheuermann 011

Discussão:
A doença é pouco sintomática, e as deformidades geralmente não são graves.
Pode ocorrer espondilólise compensatória em 50%, não espondilolistese.
Escoliose ocorre em 1/3 dos casos, geralmente de 10-20 graus, progride lentamente.

Questão Doença de Scheuermann 012

Discussão:
A escoliose associada a cifose de scheuermann é dividida em dois tipos:
Tipo 1 – ápice coincide com ápice da cifose
Tipo 2 – não coincide.

Questão Doença de Scheuermann 013

Discussão:
O ápice normal da escoliose é o disco T6-7.
O ápice da cifose de Scheuermann é T7-9.

Questão Doença de Scheuermann 014

Discussão:
O dorso postural curvo é o principal diagnóstico diferencial da doença de Scheuermann. Diferencia-se por ser corrigível ao se deitar em posição prona. A radiografia na doença de Scheuermann pode ser normal até os 10-12 anos, não sendo, portanto, fator de diferenciação.

Questão Doença de Scheuermann 015

Discussão:
Clássica. 5 graus, 3 vértebras.
Lembrar que na atípica acomete mais junção toracolombar/lombar, alterações das placas terminais, diminuição do espaço discal, nódulos de Schmorl anteriores, mas não necessariamente as vertebras encunhadas da apresentação típica.

Questão Doença de Scheuermann 016

Discussão:
O principal diagnóstico é cifose postural. Além disso, osteocondrodistrofias, como síndromes de morquio e hurler, assim como tumores e deformidades congênitas, especialmente cifose congênita, devem ser consideradas. Em homens jovens, pensar em espondilite anquilosante.

 

Traumatologia e Ortopedia

New Report

Close