Tendinites e Roturas de tendões no Cotovelo

Conheça como prevenir e tratar as lesões mais comuns:

Saiba mais sobre doenças do cotovelo >
Agendar uma consulta >

Rotura do tendão bíceps

O músculo bicípede situa-se na parte anterior do braço e permite a flexão do cotovelo e a rotação do antebraço. Garante, ainda, a estabilidade do ombro.

Os tendões ligam os músculos aos ossos. Se o tendão do bicípede se romper, pode ser junto ao cotovelo ou ao ombro, diminui a força no braço.

Quando essa rotura acontece, o tendão não se regenera nem cicatriza. Como tal, impõe-se o tratamento adequado. Essas roturas podem ser completas ou parciais. As completas são as mais frequentes.

Numa fase inicial, os outros músculos do braço podem substituir a função do tendão lesado. Contudo, se a lesão não for reparada, irá ocorrer uma perda de força no braço.

Epicondilite medial e lateral

Podem ocorrer lesões nos tendões que estão ligados ao cotovelo. A epicondilite lateral (cotovelo de tenista) ocorre quando há inflamação dos tendões dos músculos que estendem a mão para trás. A epicondilite medial (cotovelo de golfista) ocorre quando há inflamação dos tendões dos músculos que flexionam a palma da mão em direção ao pulso.

Rotura do tendão do tríceps

O tratamento cirúrgico é indicado para as rupturas completas do tríceps e para as lesões parciais maiores que 50% em pacientes ativos, com demanda alta. As lesões parciais menores que 50% que não tenham respondido ao tratamento conservador também podem necessitar de cirurgia.

Pós-operatório

No pós-operatório, o paciente deve ser imobilizado por 6 semanas para proteger a sutura. Entretanto, a partir da segunda semana, a imobilização pode ser retirada algumas vezes ao dia para realização de exercícios leves de flexo-extensão do cotovelo (dobrar e esticar o cotovelo). Após seis semanas, a imobilização é definitivamente retirada e o paciente é encaminhado à fisioterapia para recuperação do arco de movimentos. Três meses após a cirurgia, inicia-se fortalecimento muscular. Não recomenda-se realizar exercícios de reforço muscular antes deste prazo, a fim de não prejudicar o processo de cicatrização do tendão. Depois do fortalecimento muscular, introduz-se treinamento específico do gestual esportivo para, enfim, liberar o paciente para retorno ao esporte.

TEM ALGUMA DÚVIDA? Então deixe uma pergunta nos comentários abaixo, que será respondida.

Compartilhe a informação.
Cotovelo e Mão Brasília
Cotovelo e Mão Brasília

Atendimento especializado em cotovelo e mão em Brasília / DF, com fisioterapia, acupuntura, RPG e Pilates. Tratamento conservador com procedimentos como infiltração e bloqueio.

5 Comments

Marta Conceição

Vcs atendem pela Unimed-RJ?

Responder
    Cotovelo e Mão Brasília

    Marta, atendemos sim.

    Responder
Francisca Pereira de Souza

é uma clínica?

Responder
    Cotovelo e Mão Brasília

    Sim, é uma clínica de ortopedia e fisioterapia especializada em Brasília DF

    Responder
Vantuir Santos

Conheci o DR. Márcio a pouco tempo, mas vi nele uma lisura e compotência desde a primeira consulta. Já havia procurado outros especialistas mas nenhum me deu tanta confiança com o DR Marcio. Obrigado DR.....

Responder

Escreva uma Mensagem ou Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *