Síndrome do Túnel do Carpo: Dor, formigamento e dormência na mão e pulso

, Síndrome do Túnel do Carpo: Dor, formigamento e dormência na mão e pulso, Ortopedista Especialista em Mão e Cotovelo - DF

A Síndrome do Túnel do Carpo é uma condição clínica que provoca dor, dormência, formigamento e outros sintomas na mão, dedos, pulso e antebraço. Estas alterações neurológicas decorrem da compressão de um nervo no punho.

Uma série de fatores podem contribuir para a síndrome do túnel do carpo. Inclui-se aí a anatomia de seu punho, certos problemas de saúde e padrões relativos ao uso das mãos.

Formado por ossos e ligamentos, o túnel do carpo é uma passagem estreita localizada no punho (na mesma face da palma da mão). Este túnel protege um nervo importante para a mão e os nove tendões que dobram os dedos.

A compressão do nervo produz entorpecimento, formigamento e, eventualmente, fraqueza e dor na mão. Felizmente, para a maioria das pessoas que desenvolvem a síndrome do túnel do carpo, o tratamento adequado normalmente pode aliviar o formigamento e dormência e restaurar a função da mão completamente.

Sintomas

A Síndrome do Túnel do Carpo geralmente começa gradualmente com dormência ou formigamento em seu dedo polegar, indicador e dedos médios (não inclui o dedo mínimo). Esta sensação ocorre frequentemente ao segurar firme um volante, telefone ou jornal.

A sensação pode estender-se do punho até o braço. Muitas pessoas têm a tendência a “sacudir” as mãos para tentar aliviar os sintomas. Como o transtorno progride, o sentimento de dormência pode se tornar constante. Você pode sentir fraqueza em sua mão e uma dificuldade de pegar objetos. Isto pode ser devido ao entorpecimento em sua mão ou fraqueza dos músculos de compressão do polegar, que são controlados pelo nervo mediano.

Quando consultar um médico?

Se você tem sinais persistentes e sintomas que sugerem síndrome do túnel do carpo, especialmente se eles interferem em suas atividades normais e padrões de sono, consulte seu médico. Se você não tratar a condição, danos permanentes ao nervo e músculos podem ocorrer.

Causas

A síndrome do túnel do carpo ocorre como resultado da compressão do nervo mediano. O nervo mediano corre de seu antebraço para sua mão através de uma passagem em seu punho (túnel do carpo). Ele é responsável pelos sinais sensoriais da palma do seu polegar e dedos, com exceção do dedo mínimo. Ele também fornece sinais nervosos para mover os músculos em torno da base do polegar (função motora).

Em geral, qualquer coisa que irrite ou comprima o nervo mediano no espaço do túnel do carpo pode levar à síndrome do túnel do carpo. Por exemplo, uma fratura de punho pode estreitar o túnel do carpo e irritar o nervo. Inchaço e inflamação resultante de uma artrite reumatoide também. Em muitos casos, uma causa não pode ser identificada. Uma combinação de fatores de risco pode ser responsável por contribuir para o desenvolvimento da condição.

Fatores de risco

Vários fatores têm sido associados à síndrome do túnel do carpo. Embora por si só não causem síndrome do túnel do carpo, podem aumentar suas chances de desenvolver ou agravar a lesão do nervo mediano.

Os motivos para se adquirir a síndrome do túnel do carpo incluem:

  • Fatores anatômicos: Uma fratura do punho ou luxação que altere o espaço dentro do túnel do carpo pode criar pressão sobre o nervo mediano. As pessoas com túneis do carpo menores podem ser mais propensas a ter síndrome do túnel do carpo.
  • A síndrome do túnel do carpo é geralmente mais comum em mulheres: Isso por  que a área do túnel do carpo nas mulheres é relativamente menor do que nos homens, e pode haver menos espaço para “erros”.
  • Condições prejudiciais ao nervo: Algumas doenças crônicas, como o diabetes, aumentam o risco de danos nos nervos, incluindo danos ao nervo mediano.
  • Condições inflamatórias: Doenças que são caracterizadas por inflamação, como a artrite reumatoide, pode afetar os tendões em seu punho, exercendo pressão sobre o nervo mediano.
  • Alterações no equilíbrio dos fluidos corporais: A retenção de líquidos, comum durante a gravidez ou menopausa, pode aumentar a pressão dentro do túnel do carpo. Isso irrita o nervo mediano. A síndrome do túnel do carpo associada à gravidez geralmente se resolve sozinha após o parto.
  • Outras condições médicas: Certas condições, como menopausa, obesidade, distúrbios da tireoide e insuficiência renal, podem aumentar suas chances de síndrome do túnel do carpo.
  • Fatores do local de trabalho: É possível que trabalhar com ferramentas vibratórias ou em uma linha de montagem que exija flexão prolongada ou repetitiva do pulso pode criar pressão nociva sobre o nervo mediano ou piorar um dano nervoso existente. No entanto, a evidência científica é conflitante e esses fatores não foram estabelecidos como causas diretas da síndrome do túnel do carpo. Vários estudos avaliaram se há uma associação entre o uso do computador e a síndrome do túnel do carpo. No entanto, não houve suficiente evidência para apoiar o uso extensivo de computador como um fator de risco para a síndrome do túnel do carpo.

Testes e diagnóstico

Seu médico pode realizar um ou mais dos seguintes testes para determinar se você tem síndrome do túnel do carpo:

  • Histórico dos sintomas: O seu médico irá rever os seus sintomas. O padrão de seus sintomas pode oferecer pistas para a causa da síndrome do túnel do carpo. Por exemplo, uma vez que o nervo mediano não fornece sensação ao dedo mínimo, os sintomas nesse dedo podem indicar um problema diferente da síndrome do túnel do carpo. Outra pista é o momento dos sintomas. Os tempos habituais em que você experimenta sintomas devido à síndrome do túnel do carpo incluem o ato de segurar um telefone ou um jornal, segurar um volante, e acordar com dor durante a noite.
  • Exame físico: O seu médico realizará um exame físico. Ele vai testar a sensação em seus dedos e a força dos músculos em sua mão. Pode pedir também que você dobre o punho. A simples dobradura do punho, batendo no nervo ou pressionando-o, pode provocar os sintomas em muitas pessoas.
  • Raio X: Alguns médicos recomendam um raio-X do punho afetado para excluir outras causas de dor no punho, como artrite ou fratura.
  • Eletromiografia: mede as pequenas descargas elétricas produzidas nos músculos. Durante este teste, o seu médico insere um eletrodo em músculos específicos. O teste avalia a atividade elétrica de seus músculos quando eles se contraem e quando estão em repouso. Este teste pode determinar se o dano muscular ocorreu e também pode ser usado para descartar outras condições.
  • Estudo de condução nervosa: Em uma variação da eletromiografia, dois eletrodos são aderidos em sua pele. Um pequeno choque é passado através do nervo mediano para ver se os impulsos elétricos são retardados ao nível do túnel do carpo. Este teste pode ser usado para diagnosticar sua condição e excluir outras condições.

Seu médico pode recomendar que você consulte um neurologista, neurocirurgião, ou ortopedista especialista em cirurgia de mão.

Tratamentos

A síndrome do túnel do carpo deve ser tratada o mais cedo possível logos após o início dos sintomas. Algumas pessoas com sintomas leves podem aliviar seu desconforto fazendo pausas para descansar as mãos. Aplicar compressas frias para reduzir o inchaço ocasional também é saudável.

Se essas técnicas não oferecem alívio dentro de algumas semanas, opções de tratamento adicionais incluem a imobilização do punho, medicamentos e cirurgia.

 Terapia não-cirúrgica

Se a condição é diagnosticada precocemente, métodos não-cirúrgicos podem ajudar a melhorar a síndrome do túnel do carpo. Os métodos podem incluir imobilização. Uma tala que mantenha seu punho imobilizado, mesmo enquanto você dorme, pode ajudar a aliviar os sintomas noturnos de formigamento e dormência. Medicamentos como o Ibuprofeno podem ajudar a aliviar a dor da síndrome do túnel do carpo a curto prazo.

Seu médico pode injetar no túnel do carpo um corticosteroide (infiltração), como cortisona para aliviar sua dor. Os corticosteroides diminuem a inflamação e o inchaço, aliviando a pressão sobre o nervo mediano. Corticosteroides orais não são considerados tão eficazes como as injeções de corticosteroides. Se síndrome do túnel do carpo resulta de uma artrite inflamatória, como artrite reumatoide, o tratamento da artrite pode reduzir os sintomas.

Cirurgia de Síndrome do Túnel do Carpo

Se os sintomas são graves ou persistem após a tentativa de terapia não-cirúrgica, a cirurgia pode ser a opção mais adequada. O objetivo da cirurgia do túnel do carpo é aliviar a pressão sobre o nervo mediano cortando o ligamento que está pressionando o nervo. A cirurgia pode ser realizada com duas técnicas diferentes.

Discuta os riscos e benefícios de cada técnica com o seu cirurgião antes da cirurgia. Os resultados finais da cirurgia endoscópica e aberta são semelhantes.

1) Cirurgia endoscópica

Na cirurgia endoscópica, o cirurgião usa um dispositivo tipo telescópio com uma pequena câmera anexada a ele (vídeoendoscópio). Vendo dentro de seu túnel do carpo ele pode cortar o ligamento através de uma ou duas pequenas incisões em sua mão ou punho. A cirurgia endoscópica pode resultar em menos dor do que a cirurgia aberta nos primeiros dias ou semanas após a cirurgia.

2) Cirurgia aberta

Na cirurgia aberta, o cirurgião faz uma incisão maior na palma da mão sobre o túnel do carpo e cortar o ligamento para liberar o nervo. Este procedimento também pode ser realizado utilizando uma incisão menor, o que pode reduzir o risco de complicações. Durante o processo de cicatrização, os tecidos do ligamento são retraídos, permitindo mais espaço para o nervo do que existia antes.

A dor, dormência ou fraqueza pode levar de várias semanas a alguns meses para resolver após a cirurgia. Se os sintomas forem muito graves antes da cirurgia, podem não desaparecer completamente após a cirurgia.

Estilo de vida

Essas etapas podem ajudá-lo a obter, pelo menos, alívio temporário de seus sintomas:

  • Faça pausas frequentes nas atividades repetitivas envolvendo o uso de suas mãos.
  • Gire seus punhos e estique suas palmas e dedos.
  • Tome um analgésico, como dipirona ou ibuprofeno.
  • Use uma atadura de punho à noite. A tala deve ser confortável, não apertada demais.
  • Evite dormir sobre as mãos para ajudar a aliviar a dor ou dormência em seus pulsos e mãos.
  • Se a dor, a dormência ou a fraqueza recorre e persiste, consulte o seu médico.

Prevenção

Não existem estratégias comprovadas para prevenir a síndrome do túnel do carpo, mas você pode minimizar o stress em suas mãos e pulsos, tomando as seguintes precauções:

Reduza a força que aplica aos objetos do dia-a-dia e relaxe suas mãos:

A maioria das pessoas usa mais força do que a necessária para executar muitas tarefas manuais. Se o seu trabalho envolve uma caixa registradora, por exemplo, pressione as teclas suavemente. O mesmo se você digita muito ao teclado. Para escrever prolongadamente, use uma caneta grande com um adaptador de aderência macio e tinta de fluxo livre. Desta forma, você não terá que segurar a caneta firmemente ou pressioná-la tão firmemente no papel.

Faça pausas freqüentes:

Dê às suas mãos e punhos um descanso, estique e dobre-as delicadamente de tempos em tempos. Se você usa equipamentos que exigem uso de força ou pressão, fazer pausas é ainda mais importante.

Evite dobrar seu punho até o máximo que a articulação permite para cima ou para baixo:

Uma posição média e descontraída é a melhor. Se você usar um teclado, mantenha-o na altura do cotovelo ou ligeiramente mais baixo.

Mantenha as mãos aquecidas:

Você está mais propenso a desenvolver dor nas mãos e rigidez se você trabalha em um ambiente frio. Se você não pode controlar a temperatura no trabalho, use luvas sem dedos que mantêm suas mãos e punhos quentes.

Agendar uma consulta >
Exercícios para prevenir a STC >

TEM ALGUMA DÚVIDA? Então deixe uma pergunta nos comentários abaixo, que será respondida.

Cotovelo e Mão Brasília
Cotovelo e Mão Brasília

Atendimento especializado em cotovelo e mão em Brasília / DF, com fisioterapia, acupuntura, RPG e Pilates. Tratamento conservador com procedimentos como infiltração e bloqueio. Excelência no tratamento com cirurgia.

No Comments

Escreva uma Mensagem ou Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *