Reconstrução do ligamento cruzado anterior (LCA). Como é o pós-operatório?

A lesão do ligamento cruzado anterior (LCA) é muito comum no mundo dos esportes principalmente no futebol, devido à redução da velocidade do praticante ou mesmo colidir-se com outros jogadores.

Por que o ligamento cruzado anterior se rompe?

O ligamento cruzado anterior pode ser lesionado de diversas maneiras:
– Desaceleração
– Uma parada brusca ou mesmo colisão
– Mudança rápida de direção
– Entrose do joelho

Normalmente a lesão do ligamento cruzado anterior, vem com a sensação de instabilidade ao andar, que o joelho perdeu o “eixo”. Podemos pontuar outros sintomas tipos de lesão do ligamento cruzado, como dor e inchaço após a ruptura total ou parcial e mobilidade reduzida e desconforto ao caminhar.

A cirurgia

A cirurgia para reconstrução do ligamento cruzado anterior é padronizada no mundo todo e sua técnica vem sofrendo modificações no decorrer do tempo. Isso para que se tenha uma reconstrução o mais anatômica possível, ou seja, o mais próxima do ligamento original.

A cirurgia é realizada de maneira artroscópica, pois é menos invasiva e realizada por pequenos cortes. A vantagem desta técnica menos invasiva incluem menos dores, menor tempo no hospital e também de recuperação. Atletas envolvidos em esportes de agilidade voltam à prática do esporte rapidamente com o devido acompanhamento, pós-cirúrgico que incluem, inicialmente repouso, fisioterapia, e musculação para o fortalecimento dos músculos ao redor do joelho.

Em 95% dos casos cirúrgicos retomam suas atividades esportivas em oito a 9 meses.

reconstrução do ligamento cruzado anterior

Como é a recuperação da reconstrução do ligamento cruzado anterior no periodo pós-operatorio?

Fase 1: controle a dor e a inflamação e manter repouso. Dura 15 dias.
Fase 2: extensão e flexão de até 90º graus mobilização da patela. Dura de 4 a 6 semanas.
Fase 3: controle motor e ganho muscular. Em geral, vai até o 3º mês
Fase 4: fortalecimento muscular e propriocepção através de atividades funcionais. Do 3º ao 6º mês.
Fase 5: Regresso a prática esportiva, após a realização do teste de movimento (mede a função e movimento das articulações do corpo humano para medir a força, potência e resistência muscular).
Fase 6: Retorno pleno ao esporte.

Cronograma completo >

Deixe um comentário