MarcioR4

Classificação de Ogden

Modificação da classificação de Watson-Jones para fratura‐avulsão da tuberosidade anterior da tíbia. Essa classificação foi modificada por Ogden e Southwick, para definir com mais precisão padrões de fratura específicos e estabelecer tratamento para diferentes tipos de fratura, incluindo deslocamento e fragmentação. Ryu e Debenham então sugeriram a adição de um tipo IV, que é uma …

Classificação de Ogden Leia mais »

Espondilolistese traumática do axis ou Fratura do enforcado

A fratura dos elementos posteriores (lâmina, facetas, pedículos ou “pars”) do Axis geralmente relacionada com mecanismo de hiperextensão provocadas por acidentes automobilísticos, mergulho e quedas e têm sido chamadas de “fratura do enforcado” desde 1965 quando Schneider descreveu este tipo de lesão nos enforcamentos judiciais. Embora o mecanismo de lesão relacionado aos enforcamentos seja distração …

Espondilolistese traumática do axis ou Fratura do enforcado Leia mais »

Osteoporose

Definição: Osteoporose é uma doença causada pela perda da densidade mineral óssea, com consequente perda de sua resistência e aumento do risco de fraturas, ocorrendo principalmente no quadril, punho e coluna. Causas: O esqueleto é um tecido vivo em constante transformação. A todo momento sofremos perdas ósseas e nosso organismo as repõe. Ocorre que o …

Osteoporose Leia mais »

Síndrome de Paget-Schroetter

A Doença de Paget-Schroetter, conhecida também como trombose venosa de esforço ou ainda, trombose venosa profunda superior. É uma condição idiopática rara, na qual ocorre trombose aguda do segmento venoso subclávio axilar junto ao trajeto entre a clavícula e a primeira costela. Por afetar adultos jovens, o diagnóstico correto e a terapêutica adequada desta patologia …

Síndrome de Paget-Schroetter Leia mais »

Ser pai

Ser pai é ser você. … Ser pai não é dar ao filho o que ele quer, mas sim o que ele necessita para encontrar o próprio caminho. Ser pai não é apenas estar presente quando o filho precisa, mas também ausentar-se quando ele não necessita. Feliz todos os dias dos Pais!

Viaje pelo mundo, ouça a rádio local… em frente ao computador

A dica é: instale-se, coloque os auriculares e deixe-se levar nesta viagem. Através da plataforma Drive & Listen vai poder andar à boleia de um carro pelas ruas das principais cidades do mundo. Ao mesmo tempo que a viagem decorre, vai poder ouvir o som do carro na estrada, as buzinas e o trânsito à sua volta. …

Viaje pelo mundo, ouça a rádio local… em frente ao computador Leia mais »

Classificação de Gustillo e Anderson

Classificação de fraturas expostas           Tipo I: Ferimento cutâneo menor que 1 cm                       Limpa (contaminação mínima)                       Sem cominuição na fratura                       Mínima lesão de partes moles           Tipo II: Ferimento cutâneo maior que 1  cm                         A lesão de partes moles não é extensa                         Esmagamento mínimo a moderado                         Contaminação moderada                         …

Classificação de Gustillo e Anderson Leia mais »

Classificação Universal (rádio distal)

Descrita por Rayhack em 1990 Tipo 1 – Fratura extra-articular sem desvio Tipo 2 – Fratura extra-articular com desvio A – Redutíveis e estáveis Salvar B – Redutíveis e instáveis C – Irredutíveis Tipo 3 – Fratura intra-articular sem desvio Tipo 4 – Fratura intra-articular A – Redutíveis e estáveis B – Redutíveis e instáveis C – Irredutíveis

Classificação de Wagner

Classificação das úlceras no pé diabético Grau 0 – Pele intacta Grau 1 – Úlcera superficial localizada Grau 2 – Úlcera profunda até o tendão, osso, ligamento ou articulação Grau 3 – Úlcera profunda com abscesso, osteomielite ou celulite Grau 4 – Gangrena de dedos do pé ou todo antepé Grau 5 – Gangrena extensa de todo o pé

Classificação de Dejour

Classificação de gonartrose: TIPO 1 – Pré artrose – Apenas abrasão da cartilagem; sintomas pouco significativos; ocasionalmente se apresenta com lesão degenerativa meniscal, sinovite e cisto poplíteo; radiografias nomais, geralmente demora aproximadamente 10 anos até atingir o estágio 2 TIPO 2 – Inicial – Pouco sintomático; estreitamento articular, esclerose subcondral e osteofitose; duração média de …

Classificação de Dejour Leia mais »

Classificação de Campanacci

Campanacci apresentou uma classificação do tumor de células gigantes em 3 diferentes graduações: Grau I: são radiograficamente quiescentes e parecem ser relativamente indolentes; são lesões pequenas e inteiramente intra-ósseas; Grau II: parecem ser mais ativas; têm uma aparência radiográfica agressiva, sendo mais extensas, mas com periósteo intacto; Grau III: têm um aspecto ainda mais agressivo …

Classificação de Campanacci Leia mais »

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

New Report

Close